domingo, 11 de abril de 2021

Saúde

Maringá preparara barreiras para não atender pacientes de cidades que descumprem decreto estadual

28 Feb 21 - 16h01 Juliet Manfrin
Maringá preparara barreiras para não atender pacientes de cidades que descumprem decreto estadual

O prefeito Ulisses Maia (PSD) anunciou na tarde deste domingo (28) em suas redes sociais que Maringá não vai atender pacientes de cidades que descumprem o decreto do Governo do Paraná. Publicado na última sexta-feira, 26, o documento prevê ‘lockdown’ para tentar conter o avanço da covid-19 no Estado.

Maia pediu que as forças de segurança organizem barreiras sanitárias nas principais entradas de Maringá.

“Se o prefeito quer estar com sua cidade livre e com tudo funcionando, ele que arque com a responsabilidade de leitos. […] A comunidade tem razão. Maringá não pode pagar a conta de outros municípios”, disse Ulisses Maia.

De acordo com a Prefeitura de Maringá, durante reuniões realizadas nos últimos dias, empresários e médicos reforçaram que não adiantaria somente Maringá ter decretos duros se as cidades da macrorregião não tivessem medidas de contenção ao coronavírus.

Ainda de acordo com a administração municipal, “há fortes indícios de que cidades como Sarandi, Cianorte, São Carlos do Ivaí e Mandaguari não estejam cobrando o respeito ao decreto do Governo”.

Ulisses Maia destacou o trabalho intenso dos profissionais da saúde e das forças de segurança. “Essas pessoas que estão se sacrificando merecem respeito da nossa parte e das cidades vizinhas. Sei que os profissionais da saúde atendem a todos de forma igual, com o mesmo carinho e dedicação. Mas, os prefeitos da região têm que fazer a sua parte. Não podemos nos sacrificar mais”, enfatizou Ulisses Maia.

Via: GMC Online - Foto: PMM


Envie sugestões de Pautas ou Fotos, para o nosso Whatsapp que a nossa equipe irá atender você.
Entre no nosso grupo do WhatsApp: Clicando Aqui

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.