domingo, 11 de abril de 2021

Futebol

Com sufoco até o último minuto, Flamengo é bicampeão do Brasileirão

25 Feb 21 - 23h52 Juliet Manfrin
Com sufoco até o último minuto, Flamengo é bicampeão do Brasileirão

Com sofrimento até o fim, e uma boa dose de sorte, o Flamengo chegou ao bicampeonato brasileiro e coroou a arrancada incrível nas últimas rodadas.

Mesmo com derrota para o São Paulo, em atuação apagada de seu ataque, e falhas do goleiro Hugo Souza, a equipe rubro-negra contou com o empate do Inter diante do Corinthians, e terminou na frente na reta de chegada.

O jovem goleiro já havia errado contra o mesmo São Paulo, no mata-mata que eliminou o Flamengo da Copa do Brasil. Luciano e Pedro marcaram para o tricolor paulista, e Bruno Henrique diminuiu.


Tensão e violência

O Flamengo exalou tensão pelos poros de seus jogadores no primeiro tempo. Diante de uma equipe recuada, que só dava combate até o meio-campo, teve difulcade de criação.

A receita já tivera sucesso a favor de outros oponentes em jogos anteriores do Brasileiro.

Não deixar o Flamengo jogar foi a tônica do São Paulo no Morumbi, nem que precisasse acumular faltas em sequência.

Assim, Gerson foi caçado. Por Daniel Alves e demais jogadores do São Paulo. Arrascaeta também não ficou atrás e levou pontapés.

Enquanto o Flamengo mantinha a posse de bola inofensiva, o São Paulo esperou. Com três zagueiros, limitava bem as ações de Gabigol próximo da área.

As altenativas de desafogo também eram bloqueadas. Pelos lados, Bruno Henrique e Éverton Ribeiro não tiveram apoio suficiente. Quando subiam, os laterais deixavam espaços.

E era assim que o São Paulo procurava sair em velocidade com as bolas esticadas. Por isso a tônica dos primeiros 45 minutos foi mesmo a bola parada.

No primeiro lance mais agudo, Gustavo Henrique obrigou Tiago Volpi a fazer boa defesa, mas a arbitragem marcou falta na disputa pelo alto.

O lance mais polêmico foi um pênalti pedido pelo São Paulo, de Isla em Igor Vinicius. A arbitragem viu bola na mão de Dani Alves no começo da jogada, e ignorou as reclamações.

Aos 49 minutos, o São Paulo achou o gol em sua única finalização, contra oito do Flamengo.

No lance, Éverton Ribeiro fez uma falta grosseira em Tchê Tchê. O goleiro Hugo armou uma barreira estranha, e Luciano encaixou no canto do goleiro, que se movimentou errado.

A esta altura, o Inter estava perto da vitória sobre o Corinthians, e jogadores e dirigentes rubro-negros acompanhavam de seus celulares o jogo no Sul.


Reação suficiente

A bola parada do Flamengo voltou com tudo no segundo tempo. Em jogada ensaiada, Arrascaeta cobrou no segundo pau um escanteio, Gustavo Henrique desviou, e Bruno Henrique completou para o gol, aos cinco minutos. O empate animou o Flamengo.

Via: Redação Extra Online - Foto: JP


Envie sugestões de Pautas ou Fotos, para o nosso Whatsapp que a nossa equipe irá atender você.
Entre no nosso grupo do WhatsApp: Clicando Aqui

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.