MP instaura procedimento para investigar morte em confronto com a polícia

A 2ª Promotoria do Ministério Público em Guairá, em resposta ao questionamento feito pelo Portal24, já ter instaurado um procedimento investigatório criminal parafirmou a apurar as circunstâncias de ao menos uma das duas mortes em confronto registradas em Guaíra na semana passada.

O MP quer saber se houve excesso dos policiais na ação que resultou na morte de um rapaz durante a ação policial. Assim como o relatado com exclusividade pelo Portal24, testemunhas alegam que o rapaz foi espancado antes de morrer, já a versão dos agentes diz que ele conduzia um veículo carregado com cigarros contrabandeados, capotou o carro durante a fuga, seguiu fugindo a pé, revidou a abordagem e acabou sendo baleado, morrendo no local.

O MP em Guaíra reforçou ainda que está acompanhando os desdobramentos de tais situações, bem como possíveis casos de agressões de policiais nas abordagens. A principal reclamação de populares trata das ações de grupos especiais que estão na cidade, como o Bope/Rone, vindos de Curitiba. Porém, o MP nega que tenha sido procurado por moradores locais que desejassem formalizar as reclamações acerca dos fatos. Populares disseram ao Portal24 que chegaram a procurar o MP, mas não conseguiram fazer a denúncia. “Inclusive o MP reforça que está de portas abertas para quem quiser fazer suas reclamações, mas até o momento não fomos procurados sobre esses casos específicos”, afirmou a assessoria de imprensa do órgão.

Via: Redação/JUliet Manfrin- Foto: Divulgação

Envie sugestões de Pautas, Fotos ou Videos, para o nosso Whatsapp que a nossa equipe irá atender você. (45) 9.9122-3773 ou Entre no nosso grupo do WhatsApp: https://goo.gl/WjuzHP.

Postar um comentário:

Tecnologia do Blogger.