Grupo de produtores paga translado a Toledo de corpo de mulher morta em Goiás

A família de Toledo que buscava ajuda para transladar o corpo de Rosangela de Aquino de 43 anos, morta em Rio Verde, Goiás, conseguiu o apoio de um grupo, a partir de publicação de reportagem sobre o caso, para pagar as custas do translado. A família lembra que o próprio grupo fez toda a negociação com a funerária daquele município.

O corpo está sendo liberado na tarde desta quinta-feira (20) e deve chegar a Toledo ainda nesta noite ou início da madrugada de sexta-feira onde vai passar pelos atos fúnebres e ser enterrada.

Segundo a jornalista Edna Nunes, cunhada da vítima, a funerária baixou o valor do transporte para R$ 5 mil a partir da negociação feita por esses produtores rurais daquele estado, com o auxílio de um grupo de Toledo.

Rosângela foi morta no início desta semana, em uma via pública.

A mulher é a mãe biológica de duas adolescentes cuja guarda definitiva como mãe, está com Edna que é irmã do pai biológico das meninas, morto há um ano e que foi casado com Rosângela.
A vítima tem 3 filhas, a mais velha também reside em Toledo.

Edna Nunes e as filhas procuravam por Rosângela há anos, mas não tinham informações sobre o paradeiro da mulher. Na última terça-feira ela foi contatada por uma pessoa da igreja ligada à comunidade, onde a mulher estava internada. Ela foi assassinada, em circunstâncias que ainda estão sendo investigadas.

Desde que soube do caso, a família em Toledo tentava transladar o corpo, mas só nesta sexta-feira houve o processo de liberação, que está sendo feito via procuração. Ainda não há detalhes sobre o velório.

Via: Redação/Juliet Manfrin- Foto: Arquivo da família

Envie sugestões de Pautas, Fotos ou Videos, para o nosso Whatsapp que a nossa equipe irá atender você. (45) 9.9122-3773 ou Entre no nosso grupo do WhatsApp: https://goo.gl/WjuzHP.

Postar um comentário:

Tecnologia do Blogger.