Governo municipal amplia em 25% o vale alimentação do servidor, que passa a receber R$ 400 mensais

Os servidores municipais efetivos de Toledo receberão a partir deste mês de fevereiro um aumento de 25%  no valor do auxílio vale- alimentação comparado ao ano anterior. O benefício era de R$ 320,00 em 2019 e passou para R$ 400,00 em 2020.

Além do reajuste de 25% haverá um acréscimo de um mês no recebimento, a qual representa um incremento total de 37,5% no ano se comparado ao valor total que o servidor recebeu em 2019.

O primeiro crédito será pago para aproximadamente 3.150 servidores ativos, e será realizado no próximo dia 28. Esta é a primeira vez na história do Município de Toledo em que o benefício será pago por 11 meses, de fevereiro a dezembro de 2020.

De acordo com o prefeito Lucio de Marchi o reajuste atende um compromisso de gestão de valorizar o servidor, manter o diálogo e buscar melhorar as condições do servidor, que é a mola propulsora do Município. Ele lembra que este reajuste só foi possível após o reequilíbrio das contas públicas nestes três anos de gestão.

“Após o período de austeridade fiscal, onde todas as contas públicas foram enxugadas para garantir a manutenção das contas da Prefeitura, em 2020 o benefício para o funcionalismo também foi garantido por onze meses. Nós trabalhamos com responsabilidade nas contas públicas, por isso foi possível este aumento”.

O prefeito reforça ainda que a atual administração tem honrado os compromissos com servidores. Foram concedidos a implantação do piso mínimo para quadro geral, implantação do piso para agentes de endemias, gratificação de responsabilidade técnica, reajuste salarial de 3,57% e o pagamento das pecúnias atrasadas desde 2015.

Quem recebe

Recebem o benefício todos os servidores efetivos, incluindo os celetistas (Agentes de Combate às Endemias e Agentes Comunitários de Saúde). Os cargos exclusivos em comissão e os temporários não têm direito a receber o benefício.

O benefício

Para receber integralmente o servidor não pode ter nenhuma falta; não mais que duas dispensas sem remuneração e nenhum atestado médico. Em caso de afastamento por motivo de tratamento de câncer ou por acidente de trabalho ele recebe o benefício normalmente.

Descontos

O servidor poderá ter descontos proporcionais ou integrais no benefício de acordo com sua frequência. Para cada dia de atestado ou dispensa não remunerada será descontado em média o valor de R$18,18 do vale- alimentação.

Calendário

O vale- alimentação será pago em 11 meses. O primeiro crédito será no dia 28 de fevereiro e o último será feito juntamente com o pagamento do mês de dezembro de 2020.

Via: Portal Oeste - Foto: Divulgação

Envie sugestões de Pautas, Fotos ou Videos, para o nosso Whatsapp que a nossa equipe irá atender você. (45) 9.9122-3773 ou Entre no nosso grupo do WhatsApp: https://goo.gl/WjuzHP.

Postar um comentário:

Tecnologia do Blogger.