Choro e ranger de dentes na Câmara de Cascavel

A cassação do mandato do então vereador de Cascavel Damasceno Junior há um ano, pode não ter servido como lição, quando o assunto são as chamadas ‘rachadinhas’, aquele esquema que o assessor precisa devolver parte do salário para o “gabinete”. Prática que por sinal, além de imoral é ilegal.

Na última sexta-feira (14) houve grito, choro e ranger de dentes, mais uma vez, naquela casa legislativa.

Segundo apurou o Portal24, estava tudo pronto para a demissão de uma assessora de um determinado parlamentar. Os documentos estavam prontos para o desligamento da servidora, mas quando ela soube que estava para ser publicada em Diário Oficial reivindicou e os demais assessores teriam saído em sua defesa. A alegação era de que, todos iriam denunciar a devolução de parte do salário ao vereador. A pressão, pelo visto deu certo. O legislador correu ao RH e pediu para que o desligamento fosse revertido. A assessora segue dando expediente.

Via: RedaçãoJuliet Manfrin- Foto: Aílton Santos P24

Envie sugestões de Pautas, Fotos ou Videos, para o nosso Whatsapp que a nossa equipe irá atender você. (45) 9.9122-3773 ou Entre no nosso grupo do WhatsApp: https://goo.gl/WjuzHP.

Postar um comentário:

Tecnologia do Blogger.