Casa POP: estrutura e trabalho para reinserção social

O serviço de acolhimento para pessoas em situação de rua, a Casa Pop, existe há mais de 10 anos em Cascavel, com capacidade para até 50 pessoas. A Casa esteve fixada no Bairro Cancelli até o ano de 2017, quando foi realocada, passando então para um espaço no Bairro Santa Felicidade, para proporcionar melhores condições de atendimento às pessoas. Na Casa elas recebem acompanhamento técnico, encaminhamento para tratamentos médicos e clínicos e para outros serviços, como o ConstRua Cidadão, que oferece muito mais que acolhimento, mas o restabelecimento de uma rotina de vida.

A permanência na casa varia de acordo com cada caso, avaliados pela equipe técnica que analisa o período necessário para que a pessoa se restabeleça e deixe de estar em condição de vulnerabilidade e sem risco de voltar às ruas. “Há muitos casos presentes na sociedade que por meio do Centro Pop e Casa Pop foram possíveis intervenções técnicas e superações definitivas, em que é possível oferecer às pessoas a possibilidade de superar vícios como álcool e drogas, que faz com que estejam permanentemente nas ruas e sejam excluídas de suas famílias de origem”, diz o secretário de assistência social, Hudson Moreschi.

É o caso do Silvio, o andarilho de 37 anos que teve sua vida resgatada pela Casa Pop. O rapaz passou mais de uma década perambulando descalço pelas ruas entre os bairros Jardim Maria Luíza e Neva. Entre um pedido de café e outro, cativou os moradores das redondezas, que acionavam o município para que pudesse de alguma forma ajudar. Após inúmeras recusas nas tentativas feitas pelo serviço de abordagem social, em 2019, Silvio aceitou ser encaminhado até a Casa Pop onde permanece até hoje e recebe todos os cuidados necessários para que sua reabilitação seja feita com sucesso.

Sua família foi localizada há pouco tempo, uma conquista positiva para que se pudessem responder algumas interrogações sobre a situação em que Silvio já se encontrava por tanto tempo. E agora caminham rumo a reintegração do ex-andarilho a sua família. “Nosso trabalho é ter e ofertar um local seguro e acolhedor para que eles estejam bem, em seguida, encaminhamos para serviços especializados na área de saúde para tratamento contra uso de álcool e drogas, encaminhamos ao programa Construa Cidadão e ofertamos uma bolsa para que estabeleçam uma rotina de vida. Lutamos para que consigam um emprego que é o que da dignidade, autonomia, o que permite que deixem o acolhimento, dando espaço a um novo cidadão, que necessite de atendimento”, finaliza o secretário Hudson.

Condições de Esperança
Em 2019 os serviços de acolhimento para adolescentes, mulheres, idosos, pessoas em condição de rua e famílias em geral totalizou 1045 pessoas atendidas através dos programas: Família Acolhedora, UAI Adolescentes, Abrigo de Mulheres, Residência Inclusiva, Casa Pop e Condomínio do Idoso. Serviços disponibilizados pelo município como forma de assistência à essas pessoas em situação de risco e/ou vulnerabilidade para que possam ser reinseridas na sociedade.

A Casa Pop está localizada na Rua Clodoaldo Ursulano, 1597, no Bairro Santa Felicidade. Os demais acolhimentos podem ser informados através da Secretaria de Assistência Social.

Via: Redação/Portal do Municipio de Cascavel - Foto: Divulgação 

Envie sugestões de Pautas, Fotos ou Videos, para o nosso Whatsapp que a nossa equipe irá atender você. (45) 9.9122-3773 ou Entre no nosso grupo do WhatsApp: https://goo.gl/WjuzHP.

Postar um comentário:

Tecnologia do Blogger.