"Natal para Todos" pode ganhar incremento com espetáculo tecnológico viabilizado pela Lei de Incentivo à Cultura

O "Natal para Todos" deste ano já está sendo preparado desde o início do ano pelo Município e, se depender da confirmação da parceria da sociedade civil organizada e da comunidade, poderá contar com um incremento a mais. Trata-se de um espetáculo criado em projeção mapeada, em 3D, produzido pela Labirinto Produções, de Curitiba, e já aprovado pelo Ministério da Cidadania por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet). A proposta foi oficialmente apresentada na noite de ontem (10) na reunião semanal da Acic, visando ao apoio da classe empresarial. O secretário de Desenvolvimento Econômico, João Alberto Soares de Andrade, apresentou a ideia junto com a empresária Laura Haddad.

"A empresa nos procurou há alguns meses, apresentou a ideia e elaborou um projeto com base nas nossas potencialidades. Acreditamos que o Natal para Todos resgata a tradição do turismo religioso e coloca Cascavel na rota das atrações regionais, incentivando as famílias a vivenciarem momentos diferentes durante as festividades da data", explicou o secretário. Segundo ele, esta novidade agrega tanto para a comunidade de Cascavel, como para os visitante e, também, para o comércio local, por isso é uma atração que pode ser abraçada por todos.

Laura Haddad explicou que a criação 3D é projetada em cenário especialmente criado para a o evento e, junto com ela, será realizada uma peça teatral, que dará a impressão ao espectador de estar inserido em centenas de lugares diferentes, num imersão de cores e formas. A ideia é trazer para Cascavel cinco dias de espetáculo (18 a 22 de dezembro) com duração de 35 minutos cada, que além das projeções contam com interação com artistas reais que dialogam com o público; também serão realizadas execução de filmes natalinos e oficinas de videomapping.

Segundo o secretário João Alberto, a maior parte dos recursos já está captada para a realização do evento. Tanto empresas como pessoas físicas podem destinar, respectivamente, 4% e 6% do Imposto de Renda devido ao projeto. O presidente da Acic, Michel Alves Lopes, disse que a entidade será parceira em incentivar as empresas nas ações necessárias a aderir à proposta.

Como participar

As empresas precisam estar enquadradas no regime de lucro real e as pessoas físicas devem fazer a declaração completa. O desconto virá no exercício subsequente. Destinar é simples, basta fazer uma carta de intenção, em duas vias, indicar o valor e nome do projeto e entregar uma cópia ao organizar e outra para o seu contador, para que a dedução seja possível.

De acordo com Laura Haddad, a contrapartida para as empresas é a divulgação da marca dela em todo o material de mídia a ser preparado para o evento.

Via: Portal do Município de Cascavel - Foto: Divulgação

Envie para o nosso Whatsapp a sua sugestão de fotos ou videos, que a equipe nossa irá atender você. (45) 9.9122-3773 ou Entre no nosso grupo do WhatsApp: https://goo.gl/WjuzHP.

Postar um comentário:

Tecnologia do Blogger.