Cascavel Futsal também é suspenso do Campeonato Paranaense da Chave Ouro

O Cascavel Futsal foi suspenso do Campeonato Paranaense no início da noite desta terça-feira (17), pela Federação Paranaense de Futsal.

Assim como aconteceu com Siqueira Campos, Foz Cataratas e Guarapuava, que foram suspensos por três anos e multados em R$ 10 mil. Por disputar a Copa Cresol organizada pela Liga Futsal Paraná.

A Federação Paranaense alega que apenas ela tem direito a gerir o futsal no estado, sendo os clubes obrigados exclusivamente a participarem apenas de suas competições.

Desde que teve início a competição organizada pela Liga Futsal Paraná, a Federação Paranaense tem punido as equipes que disputam a competição.

O presidente do Foz Cataratas Adélio Demeterko, destacou nesta terça-feira (17), ao site Costa Oeste News, que os clubes se amparam na Lei Pelé para exercer o direito de disputar uma nova competição. O dirigente ainda exaltou que não pretende desfiliar da FPFS, deixando claro que o atual campeão estadual quer continuar jogando a Série Ouro.

A Liga Futsal Paraná se tornou uma realidade no último dia 1º deste mês, em Marechal Cândido Rondon. A entidade liderada pelo empresário Cristiano Bortolon conseguiu reunir 16 times, sendo os seis que disputam a Liga Nacional de Futsal, os poderosos: Marechal, Pato Branco, Marreco, Foz Cataratas, Campo Mourão e Cascavel. Entre as equipes estão o CFM Costa Oeste de Medianeira e São Miguel Futsal.

O Cascavel Futsal e Siqueira Campos ainda não se pronunciaram oficialmente. Confira o oficio de suspensão publicado pela Federação Parananense de Futebol de Salão: AQUI

NOTAS - Foz Cataratas Futsal 

O FOZ CATARATAS FUTSAL recebeu, com surpresa, um comunicado da Federação Paranaense de Futsal, que noticia a aplicação de multa e de suspensão para a equipe no Campeonato Paranaense – Série Ouro, que ainda dependem de ratificação pelo Tribunal de Justiça Desportiva para terem eficácia, em razão da mesma ter participado de partida válida em competição organizada pela Liga Futsal Paraná (LFP).

Em respeito aos nossos torcedores, patrocinadores, parceiros, imprensa e amantes do esporte, informamos que o FOZ CATARATAS irá questionar, no momento oportuno, o conteúdo da ilegal e arbitrária decisão, tomando todas as providências legais de estilo.

Esclarecemos que a equipe está respaldada na Lei n° 9.615/98, mais conhecida como “Lei Pelé”, que em seu artigo 20, disponibiliza que: “As entidades de prática desportiva participantes de competições do Sistema Nacional do Desporto poderão organizar ligas regionais ou nacionais”, e possibilita que um mesmo clube participe de competições organizadas pelas duas entidades, o que é o caso.

Por fim, o FOZ CATARATAS esclarece que decidiu ingressar na Liga Futsal Paraná (LFP), entidade que congrega as principais equipes do estado, em razão de acreditar no plano de trabalho proposto, que visa apenas fortalecer o futsal paranaense, e está baseado nas seguintes premissas:

1) Gestão participativa e transparência;
2) Calendário adequado à clubes e à atletas;
3) Abertura de parcerias para gerar receitas financeira para os clubes;
5) Possibilitar mais investimento na formação de atletas; e
6) Credibilidade para a competição.

Guarapuava Futsal 

Viemos de maneira resumida e oficial, em nome de nossa diretoria prestar um pequeno esclarecimento sobre algumas informações que chegaram e vão chegar aos nossos parceiros, patrocinadores, torcedores e principalmente a imprensa que sempre divulga os nossos trabalhos, os assuntos estes endereçados ao CAD ligados que responderá a Federação Paranaense de Futsal em decisão de pena aplicada pela Federação contra o nosso clube por participarmos da Liga Paraná de Futsal.

Recebemos ontem (16/09/2019) a notificação da Federação Paranaense de Futsal onde aplicou uma pena de R$ 10.000,00 para pagamento em 48 horas, se não pagar este valor (fato que não vai ocorrer) o CAD pega 3 anos de suspensão de campeonatos promovidos pela Federação, a pena foi aplicada em motivo do CAD ter disputado competição não federada onde fez o jogo de estreia pela nova Liga Paraná contra o Foz Futsal (também notificado e multado com as mesmas penas).

Da nossa resposta aos interessados: O motivo da participação do CAD na nova Liga Paraná é de “briga” antiga do projeto e conhecimento da federação há anos, entrando na nova Liga Paraná o CAD deu um grande passo a voltar figurar entre os grandes do estado, visto que dentre as 17 equipes registradas na nova liga, estão participando os seis times de liga nacional, bem como grandes campeões do estado (CAD e São Miguel), além de equipes de glória em ascensão no estado.  2° Ponto – Levantamos alguns principais motivos que era de conhecimento antigo da federação e foram cruciais para surgimento da Liga.

1) Gestão Participativa com Transparência (não é de nosso conhecimento prestação de contas do dinheiro arrecadado) -

2) calendário adequado a clubes e atletas (com competição de calendário cheio principalmente para clubes que não disputam a liga nacional) -

3) Buscar parcerias para gerar receitas para que os campeonatos sejam mais atrativos para o público e atletas e principalmente clubes que no caso do CAD é sem fim lucrativo.

5) Maior investimentos na formação de atletas (categorias de base) -

6) Premiação (que hoje é só troféu e medalha e valorizações de atletas árbitros e dirigentes  -

7) Credibilidade tanto das equipes como membros da diretoria, pois onde fomos tivemos empresas de portas abertas.

Via: Redação/Luiz Felipe Max/P24/Costa Oeste News - Foto: Divulgação 

Envie para o nosso Whatsapp a sua sugestão de fotos ou videos, que a equipe nossa irá atender você. (45) 9.9122-3773 ou Entre no nosso grupo do WhatsApp: https://goo.gl/WjuzHP.

Postar um comentário:

Tecnologia do Blogger.