Show Pecuário chega à 5ª edição repleto de atrações

O Show Pecuário 2019 está recheado de atrações para os produtores rurais do Oeste do Paraná. A quinta edição do evento acontecerá dos dias 23 a 26 de julho, no Parque de Exposições Celso Garcia Cid, em Cascavel. O evento é organizado pelo Sindicato Rural de Cascavel e pela Sociedade Rural do Oeste do Paraná. “Uma grande oportunidade de aprender e fazer bons negócios”, declarou Paulo Orso, presidente do sindicato.

Um dos palestrantes do evento será o Dr. Armindo Barth. Ele falará sobre os desafios dos pecuaristas após a transformação do Paraná em área livre de febre aftosa sem vacinação. Quando se olha para o gado de corte, nesta nova ótica no mercado, existem os seguintes cenários: de um lado, a perspectiva positiva de poder atingir novos mercados mundiais, que pagam mais. Por outro, o custo de produção do boi gordo deve subir bastante, puxado principalmente pelo preço do bezerro que deve subir consideravelmente no Estado. “O Paraná não é autossuficiente na produção de bezerros. Com o fim da vacinação estes animais não poderão entrar mais no Estado, já que MS e RS ainda fazem a vacinação contra aftosa, resultado, alta no preço dos bezerros. Neste cenário, surgem várias perguntas”, conta o palestrante.

Será que a alta no preço dos bezerros será compensada pela alta no preço da carne? Será que a pecuária vai continuar sendo um bom negócio para todos? Somente os criadores, ou quem faz ciclo completo irão ganhar dinheiro e o modelo de negócio de recria e engorda estão com os dias contados no Estado?  Será que os processos dentro da porteira deverão continuar sendo os mesmos? Esclareça estas e outras dúvidas participando da palestra dele, no dia 25, às 15h.

Na piscicultura, por exemplo, vários assuntos serão apresentados pelos palestrantes. Um deles será o "Manejo das águas residuais na piscicultura", ministrada pelo engenheiro da pesca e mestre Anderson Coldebella, do IFPR de Foz do Iguaçu. A palestra pretende mostrar ao ouvinte uma visão geral de como estão as águas dos viveiros de piscicultura ao final do período de engorda dos peixes, nos sistemas atuais de engorda de tilápias na região. “Visto isso mostrar quais as possíveis consequências do lançamento destas águas ao ambiente e como poderíamos estar melhorando a qualidade das águas durante o período de engorda para evitar problemas durante o lançamento das águas residuais ao ambiente, visando também a melhora nos resultados produtivos do piscicultor”. Para ele, podemos ser melhorar nossos sistemas mantendo boas de oxigênio dissolvido, controlando a alcalinidade e o pH e fazendo um manejo alimentar correto. A palestra dele é dia 26, às 15h.

Na pecuária de leite os palestrantes falarão sobre um dos maiores dilemas do setor, a mastite. Fernando Bracht, da B&M Consultoria, mostrará as fazendas trabalhadas com o Smartlab. “Identificamos quais os agentes causadores da infecção da mastite e com este resultado em mãos, traçamos uma plano de ação e de tratamento para as infecções que realmente tem taxa de cura frente a tratamentos com antibióticos. Sabemos que temos bactérias envolvidas em mastite que tem boa taxa de cura no tratamento, algumas que não apresentam cura com tratamento e algumas que apresentam cura espontânea. Com a ferramenta do laboratório na fazenda, temos a resposta do agente envolvido na mastite em 24 horas após a semeadura do leite mastitico na placa e incubadora. Com este resultado tratamos somente os animais que apresentam bactérias que tem boa taxa de cura, as que apresentam taxa de cura espontânea não são tratadas e os animais que apresentam bactérias que não tem taxa de cura, pensamos neles particularmente em qual será seu destino conforme o animal”, adiantou.

 Segundo o presidente do Sindicato Rural de Cascavel, Paulo Orso, o evento é uma oportunidade para os produtores evoluírem. “Temos muitas novidades e trazemos muitas tecnologias para serem vistas e incorporadas na propriedade. Nossa missão é sempre proporcionar um grande aprendizado ao produtor. Esperamos a presença de todos!”, convidou.

Mais de 40 expositores estarão presentes no evento, e centenas de animais em exposição e à venda. A programação do evento está disponível no site (www.showpecuario.com.br) ou nas redes sociais Facebook e Instragram do evento.

Julgamentos e leilões

Além das palestras, o evento contará com julgamentos de ovinos e bovinos. No dia 24, a partir das 14h, vários animais da raça angus de argola serão avaliados na pista de julgamento do evento. Nos dias 25 e 25, a partir das 9h, será a vez dos ovinos. Criadores do Paraná e Rio Grande do Sul levarão seus melhores animais para serem avaliados. 150 animais da raça texel, santa inês, ile de france, poll dorset, dorper, hampshire dow, white dorper e suffolk serão analisados pelos julgadores e outros 200 estarão à venda durante o evento.

Também serão realizados três leilões de gado de corte no evento, todos a partir das 20h. No dia 23, serão ofertados animais da raça brangus. Dia 24, diversas raças e no dia 25, animais angus estarão à venda.

Vertical Agritech

O Sebrae irá promover um espaço tecnológico na feira agropecuária. No dia 23 haverá uma rodada de negócios entre startups agro do Paraná com empresas e produtores rurais. No dia 24, várias startups apresentarão suas soluções e promoverão um bate-papo com os produtores no intuito de descobrir novas demandas a serem atendidas.

Encontros

O Show Pecuário receberá a oitava edição do Encontro de Produtoras Rurais no dia 25 a partir das 8h. Dedicado à elas, o objetivo do evento é proporcionar um dia de descontração e aprendizado as produtoras. Palestras sobre saúde, bem-estar e sucessão estão entre os atrativos.

O outro encontro é sobre Sanidade Agropecuária, no dia 26, a partir das 9h. Secretários de agricultura dos municípios da região, representantes de cooperativas e agentes da Adapar (Agência de Defesa Agropecuária do Paraná) participarão do evento, que contará com as seguintes palestras: chefe da Adapar, Otamir Martins, sobre a estrutura sanitária do Estado; a importância da parceria público-privada para sanidade animal, por Antônio Poloni e a importância e responsabilidade que temos sobre a sanidade, por Elias Zydek, diretor-executivo da Frimesa e presidente do CSA Oeste (Conselho de Sanidade Agropecuária do Oeste do Paraná).


Via: Assessoria Show Pecuário - Foto: Divulgação

Postar um comentário:

Tecnologia do Blogger.