Porto em Ação leva serviços gratuitos aos caminhoneiros

A empresa pública Portos do Paraná retomou o projeto Porto em Ação, que leva serviços gratuitos aos caminhoneiros que esperam no Pátio de Triagem do Porto de Paranaguá e passa a acontecer toda primeira segunda-feira do mês. Nesta segunda-feira (1), mais de 200 caminhoneiros foram atendidos com serviços de cuidados com a saúde, vacinação, orientação espiritual e palestras sobre trânsito e segurança.

Segundo o diretor de Operações, Luiz Teixeira da Silva Júnior, a retomada do projeto é uma forma de atenção aos motoristas. “Como é uma classe de trabalhadores que vive constantemente em trânsito, nas rodovias do Paraná e do Brasil, nada melhor que reunir esses serviços em um lugar só”, conta.

Para José Antônio Sbravatti Júnior, engenheiro de segurança da Portos do Paraná, os eventos aproximam os caminhoneiros de serviços importantes. “É uma agenda extremamente necessária para orientação e demonstrar a preocupação que temos com sua saúde. É uma forma de conectar os profissionais à realidade do Porto”, explica Sbravatti.

PARCERIAS - São parceiros do projeto, junto com a Portos do Paraná, a Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal, prefeitura de Paranaguá, Secretaria Municipal de Trânsito, Secretaria Municipal da Saúde, Guarda Civil Municipal, Centro de Assistência Social Esperança (Case) e Ecovia.

Na área de saúde, foram ofertadas as vacinas de hepatite B, tétano e febre amarela, além de verificação de pressão e glicemia. “Os caminhoneiros não têm tempo e, para facilitar, a gente vem até eles”, explica Adriane Carneiro de Souza, que faz parte da equipe de epidemiologia.

A Ecovia abordou o tema “Exploração sexual infantil”. Segundo Alessandro Lopes da Rosa, assistente de operações da concessionária, a intenção é informar e conscientizar. “Queremos ofertar um bem maior para o usuário da rodovia. Aproveitamos que os caminhoneiros estão aqui no pátio e trazemos conteúdo educativo a eles”, afirma Rosa.

Outro parceiro é o Centro de Assistência Social Esperança (Case). A entidade é presidida por Marcelo da Silva Soares, que acredita que ouvir os caminhoneiros é de importante no combate à depressão, uso de drogas e álcool. “Quando escutamos as demandas de cada um deles, eles se sentem prestigiados. Esse tipo de ação não existe em outros portos, é algo inovador que temos no Paraná”, revela.

ATENÇÃO - Caminhoneiros que participaram do Porto em Ação elogiaram a iniciativa. O motorista Orlando Roger, de Ponta Grossa, tomou três vacinas enquanto esperava para descarregar milho. “Muito boa essa iniciativa, nunca vi em porto algum. Em meia hora que fiquei aqui, consegui cuidar da minha saúde”.

O caminhoneiro Celso Meurer, de Guarapuava, que aproveitou para cortar o cabelo gratuitamente, também afirmou não lembrar de ter participado de ação semelhante em outro porto. “Aqui é diferente, estão enxergando que é necessário cuidar do ser humano”, falou Meurer.

Trazendo milho de Piraí do Sul, Maurício Soares tomou as vacinas de Hepatite B, Tétano e Febre Amarela, mediu a pressão e as taxas glicemia. “Estão de parabéns pela iniciativa, espero que todos os caminhoneiros participem, porque a saúde é muito importante”, defendeu Soares.

O próximo Porto em Ação será no próximo dia 5 de agosto.

Via: Portal do Município de Cascavel - Foto: Divulgação

Postar um comentário:

Tecnologia do Blogger.