6º BPM apresenta balanço dos primeiros semestres de 2019

Os esforços dos policiais do 6º Batalhão de Polícia Militar (6º BPM), pertencentes ao 5º Comando Regional de Polícia Militar (5º CRPM), resultaram em grandes apreensões de drogas, armas e prisões, neste primeiro semestre de 2019.

De janeiro a junho deste ano, foram apreendidas um total de 189 armas de fogo. Grande parte das ocorrências foram registradas no município de Cascavel-PR, onde 119 armas ilegais foram retiradas de circulação. Foram apreendidos 86 revólveres, 49 pistolas, 40 espingardas, além de garruchas, rifles e escopetas. Em 2018, no mesmo período foram apreendidas 214 armas de fogo.

Nos primeiros seis meses deste ano, a Polícia Militar confeccionou mais de 18 mil Boletins de Ocorrências, que resultaram na detenção de 2.575 pessoas. Com base nas estatísticas da Secretaria Estadual de Segurança Pública, a maioria das prisões e apreensões ocorreram com pessoas do sexo masculino, entre 15 e 29 anos, figurando mais de 85% dos envolvidos. No mesmo período do ano passado a Polícia Militar deteve 2.295 pessoas.

De acordo com o Comandante do 6º Batalhão de Polícia Militar, Tenente Coronel Rubens Garcez da Luz, a unidade é destaque em todo o Estado. “O 6º BPM hoje é referência no Paraná e se configura como uma das unidades mais importantes, principalmente pelas demandas que tem, pela tropa atuante, inclusive efetuando prisões nos horários de folga, e, por isso, conseguimos conquistar bons resultados.

O 6º BPM responde por 23 municípios do Oeste Paranaense, com uma população estimada em 500 mil pessoas. As diversas operações de combate aos ilícitos na região culminaram em resultados positivos para Polícia Militar. Nos primeiros 180 dias de 2019, os militares estaduais apreenderam cerca de 7,5 Kg de cocaína; 8,6 Kg de crack; 41 comprimidos de ecstasy; 1.280 pontos de LSD e mais de 2,8 toneladas de maconha. Em comparação com o primeiro semestre de 2018, as apreensões de maconha foram as que mais cresceram, com aumento superior a 60%. Para o Coronel Garcez, o número de apreensões reflete o grande fluxo do tráfico de drogas na região. “A área de atuação do nosso batalhão se concentra em grande parte em regiões de fronteira e com isso, os criminosos optam em agir em grandes centros. Quando o tráfico não consegue ser reprimido nas rodovias, ele acaba por desaguar nos municípios fronteiriços e a Polícia Militar tem atuado fortemente na repressão do tráfico de drogas. No 6º Batalhão é tolerância zero! Por isso o grande número de apreensões”.

Nos últimos dias, policiais da 4ª Companhia, no município de Santa Tereza do Oeste, apreenderam um caminhão com mais de 2 toneladas de maconha em meio a uma carga de milho. A ocorrência foi registrada na segunda-feira (01/07) e não foi contabilizada, portanto, para os dados do primeiro semestre de 2019. As estatísticas também apontam tímida redução no número de roubos e furtos neste ano. Até junho de 2019, foram registrados em toda a área de atuação do 6º BPM, 1.632 furtos e 361 roubos. Em 2018, os números corresponderam a 1.671 e 378, respectivamente.

Via: Redação/Assessoria 6º BPM - Foto: Divulgação 

Envie para o nosso Whatsapp a sua sugestão de fotos ou videos, que a equipe nossa irá atender você. (45) 9.8812-8476 ou Entre no nosso grupo do WhatsApp: https://goo.gl/WjuzHP.

Postar um comentário:

Tecnologia do Blogger.