Trabalho infantil: rede de enfrentamento amplia sensibilização e informação

Crianças e Adolescentes que frequentam o Centro da Juventude, os Serviços de Aprendizagem, técnicos do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculo e crianças do Projeto Eureca I e II participaram da abertura, nesta tarde (12), do  7º Seminário Municipal de Sensibilização ao Enfrentamento e Erradicação do Trabalho Infantil de Cascavel, no Anfiteatro da Unipar. Organizado pelo Município de Cascavel por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, em parceria com a Comissão Municipal para o Enfrentamento à Violência Contra Crianças e Adolescentes e o Programa de Erradicação do Trabalho Infantil de Cascavel (CEV/Peti), o evento teve por objetivo sensibilizar sobre e informar acerca das iniciativas, práticas e ações voltadas ao enfrentamento do trabalho infantil realizadas no nosso Município.

Representando o prefeito Leonaldo Paranhos na abertura, o secretário de Assistência Social, Hudson Moreschi Júnior destacou a importância de se discutir "uma temática complexa e de extrema relevância e importância, que é o trabalho infantil, dentre muitas outras violações graves dos direitos da criança e do adolescente, que a nossa rede atua e faz a intervenção junto às famílias no sentido de orientar e proporcionar às crianças e adolescentes que seus direitos sejam protegidos".

Ele lembrou que este ano "resolvemos inovar e proporcionar às crianças e adolescentes assistidos pela nossa rede de proteção, a oportunidade de expor vivências por meio da música, da dança e da poesia e, a partir delas, nós teremos que construir reais estratégias para o enfrentamento do trabalho infantil".

De acordo com a gerente de proteção social especial da Secretaria de Assistência Social, Maira Cabrera, o Peti é um programa nacional que articula um conjunto de ações, visando proteger e retirar crianças e adolescentes com idade inferior a 16 anos da prática do trabalho precoce, resguardando o trabalho na condição de aprendiz a partir de 14 anos, em conformidade com o que estabelece a lei de aprendizagem.

O programa tem natureza intergovernamental e intersetorial, que pressupõe, nas três esferas de governo, a integração de um conjunto de organizações governamentais e não governamentais em torno do desenvolvimento de iniciativas, estratégias e ações voltadas ao enfrentamento ao trabalho infantil.

O seminário
Segundo a psicóloga da Secretaria de Assistência Social e coordenadora do Creas (Centro de Referência Especializado de Assistência Social) Leste, Vanessa Marin Albiero, em relação aos números no Município, no último ano foram constatados 15 casos de trabalho infantil acompanhados pelas equipes dos Creas, no entanto muitas crianças são "invisíveis" no cenário urbano, "por isso precisamos sempre estar atentos. Falar de trabalho infantil é também discutir outras ausências que estão presente no cotidiano de muitas crianças", completou Vanessa.

Atendimentos da Seaso
A Secretaria Municipal de Assistência Social oferta atendimentos às crianças e adolescentes com atividades diárias de prevenção nos Centros de Convivência nos Eureca I e II, Centros de Convivência Intergeracional (CCI Morumbi e CCI Cascavel Velho), Centro da Juventude, Praça CEU e os Cras (Centros de Referência de Assistência Social) dos territórios, entre outros. 

A Seaso realiza ainda trabalho com as famílias que são identificadas em situação de trabalho infantil por meio dos Creas com a finalidade de acolhê-los, orientá-los e apoiá-los na superação de seus direitos violados, além do Serviço Especializado em Abordagem Social para identificação em locais públicos.

Denúncias
Para mais informações ou denúncias de situações envolvendo crianças e adolescentes em situação de trabalho infantil, a população pode ligar no Disque 100; no Creas do Território; no Serviço Especializado em Abordagem Social e nos Conselhos Tutelares.

Via: Redação/Portal do Município de Cascavel - Foto: Divulgação 

Envie para o nosso Whatsapp a sua sugestão de fotos ou videos, que a equipe nossa irá atender você. (45) 9.8812-8476 ou Entre no nosso grupo do WhatsApp: https://goo.gl/WjuzHP.

Postar um comentário:

Tecnologia do Blogger.