Rally da Safra: Brasil já tem 2% das áreas de soja com produtividade de 100 sacas/ha

O mundo de André Pessoa é formado por números, gráficos e indicadores. Tudo o que parametrizar o agronegócio está na zona de interesse do consultor de renome internacional e líder da Agroconsult, empresa especializada que há 16 anos estuda a partir de bases técnicas e científicas o desempenho das principais commodities brasileiras. O Rally da Safra foi criado para aferir a performance das safras nacionais e para apurar o reflexo das tecnologias sobre culturas que impulsionam a economia e turbinam a balança comercial.

Em Cascavel para o encerramento da edição de 2019 do Rally da Safra, André trouxe uma informação importante e que mostra o tamanho dos avanços já possíveis nas lavouras brasileiras. Para um público formado por agricultores e técnicos na Associação Atlética Coopavel, o consultor apresentou um número histórico e que demonstra o sucesso do casamento entre produção e tecnologia. “Em 2% das áreas dedicadas à soja no País, a produtividade já rompeu a marca das 100 sacas por hectare”. O dado reforça a posição do Brasil como um dos principais celeiros do mundo.

O presidente da Coopavel, Dilvo Grolli, mostrou gráficos da recente edição do Show Rural que confirmam o dado. Os testes de produtividade de sementes soja (evento faz também de milho) mostraram, em fevereiro, que algumas variedades já alcançam produtividades de 102 a 105 sacas por hectare, ou 248 a 255,9 sacas por alqueire, correspondendo a até 6.344,84 quilos por hectare. “São números fantásticos e essas produtividades, desde que empregadas as recomendações técnicas corretamente, já estão ao alcance dos produtores rurais”, afirmou Dilvo. “O índice de 2% com produtividade de soja acima de 100 sacas/hectare foi apurado em várias regiões do País”, segundo o que constatou a expedição Rally da Safra.

Compartilhamento
Dilvo mostrou números com a produtividade média de soja no Brasil, onde é de 3.193 quilos/hectare, no Paraná, com 2.989, e no Oeste do Estado com 3.7 mil quilos por hectare. “Então se já estamos atingindo mais de seis mil quilos é imprescindível levar esse conhecimento técnico com rapidez e eficiência aos agricultores. E aí entram eventos como o Show Rural Coopavel, dias de campo, entre outros, que aproximam essas marcas da realidade de quem cultiva e produz as principais commodities nacionais”, afirmou ele. “O desafio é criar núcleos de produtores que, compartilhando o melhor de cada um, cheguem com velocidade e qualidade a esses números tão expressivos”, ressaltou o presidente da Coopavel.

Via: Redação/Assessoria Coopavel - Foto: Divulgação 

Envie para o nosso Whatsapp a sua sugestão de fotos ou videos, que a equipe nossa irá atender você. (45) 9.8812-8476 ou Entre no nosso grupo do WhatsApp: https://goo.gl/WjuzHP.

Postar um comentário:

Tecnologia do Blogger.