Investe Turismo vai criar mais oportunidades para o turismo no Paraná

O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, acompanhado pelo governador do Paraná, Carlos Massa Ratinho Jr, e pelo presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae/PR, Darci Piana, anunciou na manhã desta quarta-feira (12), em Foz do Iguaçu (PR), o início das ações do Programa Investe Turismo na Rota Corredor do Iguaçu, que conecta os destinos de Foz, Curitiba, Morretes e Paranaguá, levando um amplo pacote de estruturação e incentivo ao turismo do extremo oeste ao litoral paranaense.

Foi o quarto seminário itinerante de um circuito que vai percorrer todo o Brasil para apresentar projetos e ferramentas de desenvolvimento a serem implantados nas 30 rotas turísticas estratégicas selecionadas nesta primeira etapa do Programa, que conta com R$ 200 milhões de investimento.

No evento, governos federal e estadual, Sebrae, prefeituras municipais, empresários do setor e líderes de governança turística regional deram início ao trabalho conjunto pela rota paranaense incluída no Investe Turismo.

“O que queremos e buscamos aqui é um nível maior de gestão compartilhada, focado em inteligência de mercado, que possa desenvolver nosso potencial plenamente. Hoje, o mercado internacional já olha para o Brasil com outros olhos, sobretudo no turismo. Acredito que, com uma economia verdadeiramente liberal, vamos desburocratizar, desregulamentar e dar asas ao crescimento do setor”, destacou o ministro.

Para o governador do Paraná, Ratinho Jr, o turismo é uma matriz econômica de primeira prioridade no Estado e o Programa do MTur abre novas oportunidades para estruturar e promover os destinos paranaenses.

“O governo federal tem reconhecido que Foz e o Paraná estão na rota e no calendário turístico do Brasil. Tenho certeza de que o Investe Turismo vai fazer com que mais pessoas venham e conheçam nossas belezas e nossa gente. Junto com isso, vem a integração do Sebrae e do setor privado - são as empresas que geram comodidades e serviços para que o nosso estado seja um cartão de visitas para o Brasil e para o mundo”, avaliou. O governador também destacou que o Paraná pretende explorar melhor o mercado para o ecoturismo, segmento que deve crescer 200% até 2023, segundo estudo de uma consultoria norte-americana.

Para o presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae/PR e vice-governador do estado do Paraná, Darci Piana, unir todas as esferas de governo e o setor privado ajuda a alavancar a cadeia turística do Estado. “Teremos mais empresas e mão de obra qualificada para atender melhor o turista, que, quando é bem atendido, volta e fala bem do lugar”, enfatizou.

O Programa, de acordo com o diretor de operações do Sebrae/PR, Júlio Cezar Agostini, é importante, pois consolida um incentivo para fortalecer o turismo. “Os investimentos oportunizados pelo Investe Turismo vão beneficiar os principais players paranaenses. Isso vai fazer a diferença na qualificação das micro e pequenas empresas que trabalham com o setor turístico, oportunizando ao Sebrae a possibilidade de oferecer ferramentas ainda mais assertivas que poderão implantar a inovação na gestão, nos processos, serviços e produtos das MPEs. Com isso, o Programa não só fortalece o turismo, como também a economia, pois com o setor turístico consolidado, mais empregos poderão ser gerados”, concluiu.

Pacote de ações
As rotas turísticas selecionadas pelo Investe Turismo receberão um pacote de ações organizadas em quatro linhas de trabalho: o fortalecimento da governança, por meio de uma agenda estratégica entre setor público e privado; a melhoria dos serviços e atrativos turísticos, com foco especial nas micro e pequenas empresas; marketing e apoio à comercialização, por meio de campanhas, produção de inteligência mercadológica e participação em eventos estratégicos; além da atração de investimentos e apoio ao acesso a linhas de crédito e fontes de financiamento.

Diante do cronograma do Investe Turismo, o presidente do Paraná Turismo, João Jacob Mehl, garante que o trade turístico do Paraná ganha reforço para se destacar em nível mundial. “O Programa favorece o turismo de maneira fantástica. Enquanto governo do estado, nós já tínhamos algumas ações programadas no sentido de fortalecer a rota do litoral e alguns atrativos da região fronteiriça. Com o Investe Turismo, poderemos contemplar mais localidades e desenvolver mais ações. Por isso, estamos muito agradecidos ao Sebrae e ao Ministério pela consumação deste grandioso projeto”, finalizou.

Henrique Britez, responsável pela Skydive Foz, empresa especializada em paraquedismo, acompanhou o Seminário Itinerante do Programa Investe Turismo, em Foz do Iguaçu. Segundo ele, os investimentos oportunizados pelo farão grande diferença no desenvolvimento e na divulgação dos atrativos turísticos disponíveis no Estado. “Eu tenho grandes expectativas quanto aos resultados do Investe Turismo. Com os investimentos, nós poderemos alcançar mais pessoas que são potenciais turistas não só para Foz do Iguaçu, mas para toda a rota turística paranaense. Isso gera resultados diretos na nossa empresa, pois mais pessoas irão conhecer a nossa proposta e, a partir daí, valorizar o nosso produto, que é o salto de paraquedas”, indica o empresário.

O Ministério do Turismo já investiu R$ 526 milhões em mais de 1,6 mil projetos de infraestrutura turística em todo o estado do Paraná. Além disso, a pasta recebeu e aprovou oito projetos que somam R$ 465 milhões em financiamentos para o setor no Estado. Entre as propostas que receberam o Selo+Turismo está o Seaquarium (R$ 220 milhões), um grande aquário turístico que comporá um complexo de visitação nas proximidades das Cataratas do Iguaçu e deve atrair cerca de 1 milhão de visitantes ao ano. O empréstimo internacional tramita no Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF).

Via: Redação/Assessoria Sebrae/PR - Foto: Divulgação 

Envie para o nosso Whatsapp a sua sugestão de fotos ou videos, que a equipe nossa irá atender você. (45) 9.8812-8476 ou Entre no nosso grupo do WhatsApp: https://goo.gl/WjuzHP.

Postar um comentário:

Tecnologia do Blogger.