Captação no Rio São José é discutida em audiência pública

A nova captação de água no Rio São José em Cascavel foi tema de audiência pública na tarde de quinta-feira (13), na Câmara de Vereadores, com a participação do gerente geral da Sanepar, Renato Mayer Bueno. O evento foi proposto pelas comissões de Direito do Consumidor (CDC) e de Meio Ambiente (CMA) da Câmara. Além dos vereadores, participaram técnicos de saúde e meio ambiente e representantes dos agricultores da bacia do futuro manancial de abastecimento da cidade. Os trabalhos foram conduzidos pelo vereador Celso Dalmolin.

O gerente Renato apresentou a estrutura do abastecimento em Cascavel, a projeção de crescimento e os critérios de escolha do São José como manancial que vai suprir a demanda da cidade pelo menos até 2027. A nova captação vai produzir cerca de 25 milhões de litros de água a mais por dia.

Porém, destacou o gerente, se as obras não forem concluídas, Cascavel corre risco de ter falta de água em pouco tempo. Renato respondeu questionamentos direcionados à Sanepar, de forma especial sobre as licenças e outorga para as obras, uso da água e para a retirada e recomposição da área florestal nos locais de intervenção.

São investimentos de R$ 72 milhões para a nova captação, a adutora, a ampliação da estação de tratamento de água e equipamentos para as unidades de produção e tratamento. As obras tiveram início no segundo semestre do ano passado e estão dentro do cronograma estabelecido.

Marlise da Cruz e Robert Gordon Hicson, do IAP de Cascavel e de Toledo, explicaram que a água é um bem de domínio federal e que a utilização dela para abastecimento público se sobrepõe aos demais usos na área das bacias. Robert lembrou ainda que a Sanepar tem o pedido da outorga desse rio há mais de 20 anos, já prevendo o crescimento da cidade e a necessidade de ampliação do sistema.

Ao término dos trabalhos, Celso Dalmolin apresentou a relação dos encaminhamentos da audiência, dentre os quais estão a criação do Conselho dos Recursos Hídricos, o levantamento e a avaliação das nascentes do Rio São José, a implantação de um plano municipal para as bacias hidrográficas e um programa de orientação aos agricultores da bacia para os cuidados com a água.

Via: Redação/Assessoria Sanepar  - Foto: Divulgação 

Envie para o nosso Whatsapp a sua sugestão de fotos ou videos, que a equipe nossa irá atender você. (45) 9.8812-8476 ou Entre no nosso grupo do WhatsApp: https://goo.gl/WjuzHP.

Postar um comentário:

Tecnologia do Blogger.