Objetivo central do Maio Amarelo é a preservação da vida

O Governo Municipal de Cascavel, através da Cettrans (Companhia de Engenharia de Transporte e Trânsito), junto com vários parceiros, realizou hoje (2) a abertura da campanha "Maio Amarelo" de conscientização no trânsito. Este ano o tema da campanha é: "No Trânsito o Sentido é a Vida". Durante todo o mês de maio, serão realizadas várias ações em vias públicas, palestras, atividades em instituições escolares e também apresentações teatrais, entre outras, trabalhando o tema em todas as faixas etárias. "Temos buscado melhorar nossos índices, com a redução de acidentes e óbitos. Queremos um trânsito mais humanizado. O Governo Municipal tem investido muito em segurança. Não faltará esforço do prefeito Paranhos, dos parceiros e da Cettrans para melhorar a convivência no trânsito da nossa cidade. Esse é nosso objetivo", disse o presidente da Cettrans, Alsir Pelissaro, no lançamento da campanha.

Cascavel participa do 'Maio Amarelo' desde 2014. De acordo com Pelissaro, esta conscientização deve acontecer todos os dias e não apenas no Maio Amarelo. "Queremos trabalhar este tema cada vez mais, porque cabe às forças de segurança no trânsito proteger aquilo que é o bem mais precioso das pessoas que é a vida", disse, lembrando que todos têm a sua parcela de responsabilidade e contribuição.

O Maio Amarelo é um movimento de conscientização para redução de acidentes de trânsito que acontece no mundo todo, alertando o público para o alto índice de mortos e feridos devido às negligências as normas de segurança e o desrespeito às leis de trânsito. A coordenadora de Educação de Trânsito da Cettrans, Luciane Moura, destacou que o diferencial da campanha este ano é o trabalho com os pedestres e passageiros nos terminais de transbordo, quanto a filas e o respeito dentro dos terminais. "O pedestre é a parte mais frágil do trânsito. E a conscientização ainda é a melhor forma de prevenção, de proteção", destacou.

Vida no Trânsito
Em 2010 Cascavel aderiu ao programa "Vida no Trânsito" e passou a ter o acompanhamento da metodologia do Ministério da Saúde para prevenção de acidentes de trânsito, aplicando o tripé "educação, engenharia e fiscalização", baixando ano a ano o número de acidentes fatais. Luciane Moura destacou ainda a dificuldade de conscientizar as pessoas da necessidade de se respeitar as leis de trânsito.

Toda população está convidada a participar do Movimento Maio Amarelo apresentando sugestões e alternativas, enriquecendo as atividades, onde as pessoas possam conhecer e contribuir para as ações de melhoria das condições e atitudes no trânsito. O major Amarildo Ribeiro, do Corpo de Bombeiros e Coordenador do Cotrans (Comitê de Trânsito de Cascavel), também destacou a importância de se respeitar as leis de trânsito durante todo o ano "mas, aproveitamos o mês de maio e a semana nacional do trânsito para intensificar as ações e envolver toda a comunidade, porque só mudaremos o panorama atual se todos se envolverem".

Segundo o major, em 2012 foram registrados 123 óbitos no trânsito de Cascavel e no ano passado este número caiu para 46. "É um avanço grande, mas para as famílias que perderam alguém em um acidente de trânsito, é como se não tivéssemos feito nada, porque aquele ente querido faleceu vítima de acidente. Então, enquanto uma pessoa estiver morrendo no trânsito ou se ferindo gravemente em acidentes, não podemos parar, temos que intensificar nossas ações", completou.

O vereador Policial Madril, representando a Câmara de Vereadores, destacou a dificuldade que os órgãos de trânsito enfrentam no dia-a-dia para fazer cumprir a legislação e a necessidade de intensificar as campanhas de conscientização entre os condutores e pedestres.

Via: Redação/Portal do Município de Cascavel - Foto: Divulgação 

Envie para o nosso Whatsapp a sua sugestão de fotos ou videos, que a equipe nossa irá atender você. (45) 9.8812-8476 ou Entre no nosso grupo do WhatsApp: https://goo.gl/WjuzHP.

Postar um comentário:

Tecnologia do Blogger.