Contra o Abuso e a Exploração Sexual: 7ª Semana Municipal de Enfrentamento enfoca a prevenção em Cascavel

"Quando o Núcleo atua, é porque falhamos; quando temos de atuar, é porque já aconteceu. É por isso que defendo o trabalho preventivo, e é por isso que estamos aqui, porque acreditamos nisso". Com essas palavras a delegada chefe do Nucria (Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente) e também da Delegacia da Mulher em Cascavel, Bárbara Strapasson, enfatizou a importância da 7ª Semana Municipal de Enfrentamento ao Abuso e à Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes, aberta no início da tarde de hoje (13) em alusão ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes (18 de maio), instituído pela Lei Federal nº 9.970/2000. A psicóloga e neuropsicóloga Joice Amanda Schwab Bieger conduzirá as palestras da tarde.

Bárbara enfatizou a parceria imprescindível do Município com  órgãos de segurança no apoio às vítimas desses crimes, cujos maiores índices ocorrem, principalmente, dentro das famílias. "Acredito no trabalho de formiguinha, por isso estamos todos aqui, ouvindo, compreendendo, para levar mais conhecimento para o nosso trabalho e tentar fazer um mundo melhor. Parece demagogia, mas quando se trata de criança e de adolescente, só mesmo por meio do trabalho preventivo que se muda a realidade", continuou a delegada.

A semana tem este enfoque preventivo e reflexivo. Segundo o secretário de Assistência Social, Hudson Moreschi Júnior, ela foi implantada por meio de lei municipal justamente com esta ênfase, ampliando o foco dos serviços, que têm atuação de profissionais engajados no combate a esses crimes, "para que possamos aperfeiçoar cada vez mais a atuação na ponta de todos os nossos serviços, desde saúde, educação e assistência social. Muitas vezes, quando identificado pelos serviços, a criança ou o adolescente já são vítimas, contudo, é importante estar sempre atentos à temática, de forma a ampliar a prevenção para se evitar novos casos".

De acordo com a assessora técnica de Gestão do Cuidado da Secretaria de Saúde, Luciana Cavalli - que representou o prefeito Leonaldo Paranhos na abertura - o tema precisa estar na pauta permanentemente, o ano todo. "Esta é uma semana que visa intensificar o debate e se propõe a sensibilizar e a mobilizar a sociedade civil neste tema tão triste, pois marca profundamente e para sempre a vida da vítima. Nós, contudo, enquanto profissionais da saúde, educação e assistência social, devemos estar sensíveis o tempo todo, pois atendemos a este público e, muitas vezes, é o professor, na escola, que nota a mudança de comportamento e pode mudar a vida de uma criança ou adolescente para sempre, mesmo que desconheça as ferramentas de abordagem; abrir espaço para a acolhida, é fundamental".

17º Fórum na quarta-feira (15)

Na quarta-feira, dia 15 de maio, a Secretaria de Assistência Social, realiza a 17ª edição do Fórum Municipal de Enfrentamento ao Abuso e Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes. O evento será realizado das 13h30 às 17h30, no Auditório da Unipar. As inscrições, gratuitas, podem ser confirmadas no Portal do Município, pelo link https://credencial.imasters.com.br/xvii-forum-municipal-de-enfrentamento-ao-abuso-e-a-exploracao-sexual-contra-criancas-e-adolescentes

O Fórum contará com a palestra da delegada de Polícia Federal Paula Mary, que atua no combate à pornografia infantil e aos crimes de ódio na internet. Ela falará sobre "Violência sexual contra crianças e adolescentes".

Paula é chefe da Delegacia de Defesa Institucional do Rio de Janeiro; pesquisadora do Grupo de Criminalidade Organizada Cibernética da Polícia Federal; certificada no "Child Interview Investigative Techniques Course" (Curso de Técnicas de Entrevistas com Crianças), promovido pela Royal Canadian Mounted Police, em parceria com a Academia Estadual de Polícia Sylvio Terra-Rio de Janeiro; coordenou as Operações Darknet II, Glasnost II, Cabrera, Trojan (em parceria com o FBI), Underground II e Protetor, dentre outras, no âmbito da Superintendência de Polícia Federal no Estado do RJ.

A palestrante é coautora dos livros: "Pedofilia: Repressão aos Crimes de Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes" e "Pedofilia entre o Clero Católico na visão de Especialistas. Foi escrivã da Polícia Federal e Policial Civil do RJ. Engenheira Eletrônica (UFRJ).

Via: Redação/Portal do Município de Cascavel - Foto: Divulgação 

Envie para o nosso Whatsapp a sua sugestão de fotos ou videos, que a equipe nossa irá atender você. (45) 9.8812-8476 ou Entre no nosso grupo do WhatsApp: https://goo.gl/WjuzHP.

Postar um comentário:

Tecnologia do Blogger.