"Combater a corrupção é responsabilidade de todos: de quem está no Poder Público e da sociedade"

O prefeito Leonaldo Paranhos prestigiou, na manhã sexta-feira (9), a abertura da mesa-redonda que debateu "Gestão Pública e combate à Corrupção" na Escola do Legislativo, na Câmara de Vereadores, que coincide com os cem dias do presidente Alécio Espínola, à frente da Casa. Ele enfatizou que "o combate à corrupção é responsabilidade de todos nós, ou seja, de quem está no Poder Público e da sociedade como um todo", uma vez que a prática não é exclusividade de grandes corporações e do Poder Público, pois é rotina também em pequenas atitudes.

"A corrupção tem de ser combatida em todos os setores, uma vez que está presente no Poder Público, no Executivo, no Legislativo, no Judiciário, nas grandes empresas, mas também no dia a dia, no trânsito, nos pequenos detalhes como no ato de furar uma fila para se ter o benefício de ser atendido primeiro; e todos nós temos que combater este câncer", acrescentou Paranhos, reconhecendo a iniciativa da Casa de Leis.

O prefeito pontuou ações que a administração municipal adotou visando coibir práticas irregulares desde o processo de compras, o combate ao desperdício, o rigor na fiscalização dos produtos entregues pelas empresas vencedoras nas licitações, uma vez que o Município ampliou a concorrência e os descontos obtidos nos certames. "Saímos de uma economia média de 10% para 32% nas licitações, mas aumentamos a fiscalização nos processos de compras. Para isso criamos uma secretaria específica [Casa Civil - Secretaria da Transparência, da Prevenção e Combate à Corrupção], que tem justamente a função de analisar processos e acompanhar a entrega de produtos e serviços".

"A corrupção tira a esperança das pessoas e nós podemos fazer a diferença, enfrentando este desafio", disse Alécio Espínola.

O evento contou com a presença do promotor de Justiça de São Paulo e presidente do Instituto Não aceito Corrupção, Roberto Livianu, entidade com a qual a Câmara firmou termo de cooperação técnica, científica e cultural, visando ao desenvolvimento e ao intercâmbio em assuntos educacionais, culturais, científicos e tecnológicos e de pesquisa, que contribuam para a preservação e o combate à corrupção, com o estabelecimento de mecanismos para a sua realização.

Além de Livianu, reconhecido nacionalmente pela atuação na fiscalização dos gastos públicos e na proposição de medidas contra a corrupção, participaram da mesa-redonda a promotora da 7ª Promotoria do Ministério Público em Cascavel, Juliana Vanessa Stofela da Costa; o promotor titular da 7ª Promotoria do Ministério Público em Cascavel, Sergio Ricardo Cezaro Machado; o presidente da OAB Cascavel, Jurandir Parzianello e o presidente do Observatório Brasil em Cascavel, Rui Tamarandurgo Dias da Rosa.

Via: Redação/Portal do Município de Cascavel - Foto: Divulgação/Secom

Envie para o nosso Whatsapp a sua sugestão de fotos ou videos, que a equipe nossa irá atender você. (45) 9.8812-8476 ou Entre no nosso grupo do WhatsApp: https://goo.gl/WjuzHP.

Postar um comentário:

Tecnologia do Blogger.