CMC: Parra pede a suspensão dos efeitos do laudo de insalubridade dos servidores

O vereador Parra (MDB) solicitou à Secretaria de Planejamento e Gestão, por meio da Indicação nº 385/2019, que suspenda os efeitos do laudo de insalubridade dos servidores lotados na Secretaria de Saúde do município. A indicação foi lida no início da sessão desta terça-feira (14) e defendida pelo parlamentar em seu discurso no Grande Expediente.

Parra fez referência ao requerimento protocolado pelo Sindicato dos Servidores e Funcionários Públicos do Município de Cascavel (Sismuvel), também na terça, no qual é solicitada uma suspensão de 90 dias nos efeitos do laudo técnico realizado pela empresa Saudax. Segundo o vereador, que reforçou o pedido solicitando o mesmo prazo em sua indicação, esse período serviria para os servidores atingidos pela possibilidade de perda do adicional de insalubridade poderem exercer o direito do contraditório e da ampla defesa, conforme a lei. “Não queremos que o servidor seja pego de surpresa pelo direito à insalubridade ou pela perda dele”, afirmou Parra.

Via: Redação/Assessoria de Imprensa/CMC - Foto: Divulgação

Envie para o nosso Whatsapp a sua sugestão de fotos ou videos, que a equipe nossa irá atender você. (45) 9.8812-8476 ou Entre no nosso grupo do WhatsApp: https://goo.gl/WjuzHP.

Postar um comentário:

Tecnologia do Blogger.