Unioeste conquista posição 301+ em ranking mundial

Na manhã desta quarta-feira (03), tornou-se público o primeiro Ranking de Impacto das Universidades onde a Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste) foi avaliada na posição 301+ no ranking geral de impacto. Neste ranking inaugural sobre o impacto acadêmico foram avaliadas mais de 450 instituições de todo o mundo, onde apenas 15 universidades são oriundas do Brasil e quatro do Estado do Paraná, o que denota o incremento do prestigio e reputação institucional da Unioeste que vem sendo cada vez mais reconhecido pela comunidade internacional.

Para o professor Dr. Rafael Mattiello, assessor-adjunto de Relações Internacionais e Interinstitucionais da Unioeste e responsável pela submissão dos dados “este resultado alcançado pela Unioeste demonstra o seu impacto no seu entorno, funcionando como um importante vetor de desenvolvimento regional de todo o Oeste e Sudoeste do Paraná. Importante região do Estado, que não somente provocou a integração de faculdades municipais em uma importante universidade multicampi, mas que constitui a razão de sua existência. Uma universidade que tem uma profunda interação com a sociedade, que é constantemente enriquecida com os benefícios do trabalho universitário em diferentes aspectos, como o desenvolvimento de pesquisa e inovação; a melhoria da educação cidadã; o impulso para o desenvolvimento da cultura e do esporte; ou a promoção da igualdade, internacionalização, acessibilidade e respeito pelo meio ambiente. Tudo isso, sem dúvida, afeta o aumento do bem-estar e da coesão social e, também, do crescimento econômico, gerando oportunidades de emprego e investimento”.

A iniciativa pioneira da revista inglesa Times Higher Education (THE), tem o objetivo de reconhecer universidades em todo o mundo por seu impacto social e econômico, com base nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU).

A ONU aprovou em sua 70ª Assembleia Geral, em setembro de 2015, a Agenda Global 2030, definida como um “plano de ação para as pessoas, para o planeta e para a prosperidade”. Nela estão previstas 17 ODS, 169 metas e 231 indicadores cuja visão ambiciosa e transformadora estabelece “um mundo livre da pobreza, fome, doença e penúria, onde toda a vida pode prosperar” para ser atingido por todas as nações até 2030.

Nesta oportunidade o ranking THE University Impact Rankings 2019 ofereceu a chance de mostrar o trabalho que está sendo desenvolvido pelas universidades em suas áreas de atuação, com evidências e dados por meio de uma plataforma eletrônica, tendo como ensejo aprofundar a avaliação das instituições de ensino superior em aspectos não cobertos em outros rankings. Isso permitiu mostrar a diferença que as Universidades estão fazendo para o mundo em que vivemos.

Esse resultado é baseado no seu desempenho dimensionado e arredondado no ODS 17 (Parcerias e Meios de Implementação). Os três ODS melhores avaliadas na Unioeste foram:  Redução da Desigualdades (ODS 10), Ação Contra a Mudança Global do Clima (ODS 13) e Paz, Justiça e Instituições Fortes (ODS 16).


ODS NA UNIOESTE
ODS Nº
Objetivos do Desenvolvimento Sustentável
Ranking
3
Saúde e Bem-Estar
201–300
4
Educação de Qualidade
201–300
5
Igualdade de Gênero
201–300
8
Trabalho Decente e Crescimento Econômico
201+
9
Indústria, Inovação e Infraestrutura
-
10
Redução da Desigualdades
201+
11
Cidades e Comunidades Sustentáveis
201+
12
Consumo e Produção Responsáveis
-
13
Ação Contra a Mudança Global do Clima
101–200
16
Paz, Justiça e Instituições Eficazes
101–200
17
Parcerias e Meios de Implementação
301+


Via: Redação/Assessoria Unioeste - Foto: Divulgação

Envie para o nosso Whatsapp a sua sugestão de fotos ou videos, que a equipe nossa irá atender você. (45) 9.8812-8476 ou Entre no nosso grupo do WhatsApp: https://goo.gl/WjuzHP.

Postar um comentário:

Tecnologia do Blogger.