Dengue: Saúde registra o primeiro caso de morte este ano em Cascavel

A Secretaria Municipal de Saúde informa que recebeu na manhã de hoje (5) a confirmação da Secretaria de Estado da Saúde de um óbito por dengue no Município de Cascavel. Trata-se de paciente do sexo feminino, de 80 anos, moradora do Bairro Alto Alegre, atendida em hospital privado da cidade. A paciente apresentou os primeiros sintomas na primeira quinzena de março e teve piora do quadro durante o internamento. O óbito ocorreu no dia 30 de março. Trata-se de um caso de dengue autóctone (contraído no próprio Município).

A Divisão de Vigilância Epidemiológica foi informada do óbito no dia  2 de abril e, com base na notificação do hospital e nos resultados de exames, junto com a 10ª Regional de Saúde, solicitou parecer do nível central da Sesa para confirmação do óbito por dengue, o que ocorreu somente nesta manhã (5).

"A Secretaria de Saúde reforça a importância da participação de todos no combate ao vetor transmissor da dengue, para que possamos evitar um maior número de pessoas doentes. É importante eliminar todo e qualquer tipo de foco e criadouro do Aedes aegypti", alerta a diretora da Vigilância em Saúde, Beatriz Tambosi.

Sinais e sintomas da doença

Os sinais e sintomas característicos da dengue são febre alta, dor no corpo, dor de cabeça e dor atrás dos olhos. Os casos suspeitos e os positivos devem ficar atentos aos sinais de alarme da doença: pressão baixa, dor abdominal, náuseas, vômitos, tontura, sangramento gengival/nasal, taquicardia e alteração de exames laboratoriais. Por isso, é importância procurar atendimento de saúde em caso de alguns desses sintomas.

Medidas simples podem evitar a dengue

Com medidas simples, como acondicionar corretamente os resíduos sólidos (lixo), pode-se evitar a doença. Garrafas devem ser armazenadas de boca para baixo em local coberto, assim como os pneus devem ser deixados em local coberto até devolução no local de compra (política reversa); pratos e vasilhas de alimentos dos animais domésticos devem lavados com água e sabão semanalmente; colocar areia nos pratos dos vasos de plantas; manter piscinas sempre limpas mesmo quando estão sem uso (importante higienização com cloro e filtração periódica); manter calhas livre de sujidades; manter reservatórios de água sempre bem vedados estão entre as ações rotineiras que contribuem para eliminar o mosquito transmissor.



DADOS DENGUE

Tabela 1: Casos notificados de Dengue, Zika Vírus e Febre Chikungunya, residentes em Cascavel, 31/07/2018 A 02/04/2019 (semana epidemiológica 31/2018 a 14/2019):



DENGUE

ZIKA

CHIKUNGUNYA

NOTIFICADOS (suspeitos)

856

55

70

AUTÓCTONES

ATRIBUÍDOS                                   

127

01

00

00

00

00

IMPORTADOS

02

00

00

DESCARTADOS

194

34

34

INCONCLUSIVOS

Aguard. resultado

05

527

01

20

00

36

Fonte: Sinan_on line/SMS/DVIEP 07

Bairros com casos positivos de dengue: 130 casos.

BAIRROS

AUTÓCTONES



IMPORTADOS



ATRIBUÍDA

Aclimação

02

-

-

Alto Alegre

64

1

1

Canadá

03

-

-

Cancelli

02

-

-

Centro

04

-

-

Claudete

01

-

-

Coqueiral

09

-

-

Esmeralda

02

-

-

Floresta

02

-

-

Guarujá

02

-

-

JD Independência

-

01

-

Maria Luiza

02

-

-

Nova Cidade

01

-

-

Nova York

01

-

-

Pion.Catarinenses

04

-

-

Palmeiras

03

-

-

Parque São Paulo

01

-

-

Parque Verde

01

-

-

Rio Salto

01

-

-

Riviera

01

-

-

Santa Felicidade

02

-

-

Santa Cruz

04

-

-

Santo Onofre

02

-

-

Santos Dumont

01

-

-

São Cristovão

01

-

-

São Salvador

01

-

-

Sede Alvorada

01

-

-

Tropical

04

-

-

Universitário

04

-

-

XIV Novembro

01

-

-

TOTAL

127

02

01


Via: Portal do Município de Cascavel - Foto: Divulgação

Postar um comentário:

Tecnologia do Blogger.