1ª etapa da 21ª Campanha Nacional contra Influenza começa dia 10 de abril para crianças, gestantes e puérperas

O Ministério da Saúde lança na região sul, no dia 10 de abril, próxima quarta-feira, a 21ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza, que na primeira etapa ficará concentrada na imunização do grupo prioritário de crianças, gestantes e puérperas até o dia 22 de abril. Em Cascavel, esse grupo, na primeira etapa, totaliza uma meta de 26.902 pessoas. A partir de 22 de abril, a vacinação contra influenza ocorrerá com a mobilização dos grupos prioritários em todo o País, até o dia 31 de maio, já com a definição do Dia D de mobilização nacional para 4 de maio. A meta em Cascavel é de vacinar 95.471 pessoas durante toda a campanha.

A estratégia de vacinação contra a influenza foi incorporada no Programa Nacional de Imunizações em 1999 com o propósito de reduzir internações, complicações e mortes na população-alvo para a vacinação no Brasil, uma vez que a influenza é uma doença respiratória infecciosa de origem viral, que pode levar ao agravamento e ao óbito, especialmente nos indivíduos que apresentam fatores ou condições de risco para as complicações da infecção (crianças menores de 5 anos de idade, gestantes, adultos com 60 anos ou mais, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais).

Público-alvo de 2019
Em 2019, o Ministério da Saúde, por meio da Coordenação-Geral do Programa Nacional de Imunizações (CGPNI), do Departamento de Vigilância das Doenças Transmissíveis, além de indivíduos com 60 anos ou mais de idade, decidiu imunizar as crianças na faixa etária de 6 meses a menores de 6 anos de idade (5 anos, 11 meses e 29 dias), as gestantes, as puérperas (até 45 dias após o parto), os trabalhadores da saúde, os professores das escolas públicas e privadas, os povos indígenas, os grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, os adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas, a população privada de liberdade e os funcionários do sistema prisional.

Meta em Cascavel
Crianças (6m a <2a): 7.058

Crianças (2 a 4 anos): 11.808

Crianças (5 anos): 3.927

Trabalhador da Saúde: 14.856

Gestantes: 3.529

Puérperas: 580

Idosos: 26.269

Comorbidades: 23.619

Professores: 3.825

Atualização da carteira da vacinação
De acordo com a coordenadora do Programa Municipal de Imunização, Cristina Carnaval, nesta campanha, oportunamente, também serão disponibilizadas as demais vacinas do Calendário Nacional de Vacinação para atualização da Caderneta de Vacinação da criança e da gestante. "Esta ação busca o resgate e vacinação de não vacinados, por considerar o risco para as doenças imunopreveníveis, além das baixas coberturas vacinais neste público", detalha.

Onde vacinar
A população-alvo da campanha deve acessar a unidade de saúde mais próxima para a vacinação, cabendo destacar que as unidades em processo de reforma não estarão realizando a referida atividade.

Via: Redação/Portal do Município de Cascavel - Foto: Divulgação 

Envie para o nosso Whatsapp a sua sugestão de fotos ou videos, que a equipe nossa irá atender você. (45) 9.8812-8476 ou Entre no nosso grupo do WhatsApp: https://goo.gl/WjuzHP.

Postar um comentário:

Tecnologia do Blogger.