Parabadminton: Técnico Fábio Bento comemora história na seleção brasileira

Quando embarcar neste domingo, 17, rumo ao Centro Paralímpico Brasileiro, em São Paulo, para participar da fase de preparação da seleção brasileira de parabadminton, o treinador toledano Fábio Bento estará sacramentando a sua décima convocação para comandar junto com outros profissionais a equipe nacional nas principais competições pelo mundo.

E a cada chamado nunca é para uma tarefa simples, mas de grande responsabilidade e com novos desafios. Desta vez, o treinador vai participar da preparação dos paratletas que vão embarcar no dia 23 para Antalya, para disputar o Internacional da Turquia e logo na sequência, para os Emirados Árabes, onde disputarão o Internacional de Dubai.

Desde 2013, Fábio Bento integra o seleto grupo nacional de treinadores e mais uma vez estará na companhia de outros toledanos como Leonardo Zuffo, Breno Johann e Cintya Oliveira, paratletas donos de muitos títulos e que buscarão pódios nestas duas competições representando o país e elevando o nome de Toledo a outros patamares.

Graduado em educação física (Licenciatura/Bacharel na Universidade Paranaense – Unipar), Fábio Bento é um dos treinadores mais experientes da atualidade com ênfase no treinamento esportivo Paralímpico e Olímpico de alto rendimento e personalizado. Além de treinador da seleção e da equipe Parabadminton Toledo/Unipar/Atacar, o profissional também é membro da Academia Brasileira de Treinadores do Comitê Olímpico Brasileiro (COB).

“Sempre tive pessoas que me incentivaram muito, mas chegar aonde cheguei não foi uma tarefa fácil. Além de estudo, precisei ter muita persistência e dedicação e hoje me sinto feliz em poder passar o meu conhecimento e mais que isso, contribuir para que esse esporte consiga um lugar ao sol para que o Brasil se torne uma referência nos próximos anos”, acredita o treinador.

HISTÓRIA
Desde que iniciou a carreira acadêmica, Fábio Bento já vislumbrava um sonho de trabalhar com o para-desporto e antes mesmo que concluísse seu curso, essa possibilidade foi se tornando mais próxima. “Na Universidade eu sempre fui envolvido com projetos de pesquisa e sociais e em um desses envolvia o para-desporto aonde eu poderia colocar em prática o que aprendi na teoria. Vi ali uma oportunidade de crescimento e fui me engajando, crescendo, até conquistar o meu espaço”, lembra o treinador.

Sob o comando da seleção brasileira, Fábio Bento já conquistou inúmeros títulos internacionais, mas o mais importante, nem foi de campeão. Em 2015, ele esteve ao lado de Cintya Oliveira, quando ela conquistou em Stoke Mandeville, na Inglaterra, a medalha de bronze e se tornou a primeira brasileira a garantir medalha em Mundiais de Parabadminton. É algo para levar para a vida, considera o treinador.

“Foi um momento de grande importância para mim e também um feito para o país. Fico feliz em ter contribuído para essa conquista e posso dizer seguramente que não existem fórmulas milagrosas, tudo isso é resultado de muito trabalho e dedicação. É assim que os resultados aparecem”, diz o treinador que poderá estar na comissão técnica da seleção brasileira na Paralimpíada do Japão em 2020, quando a modalidade estreará na competição.

Via: Redação/BROnline - Foto: Silmar Ramos/Divulgação

Envie para o nosso Whatsapp a sua sugestão de fotos ou videos, que a equipe nossa irá atender você. (45) 9.8812-8476 ou Entre no nosso grupo do WhatsApp: https://goo.gl/WjuzHP.

Postar um comentário:

Tecnologia do Blogger.