Moções de autoria de Madril pedem fim do auxílio-mudança para deputados e senadores

No Brasil, todo senador ou deputado tem direito a receber auxílio em dinheiro para cobrir gastos com mudança e transporte no início e no final do mandato e mesmo aqueles que foram reeleitos e por isso nem precisam deixa Brasília, recebem o valor duas vezes.

Para diminuir este gasto do Legislativo, pago com dinheiro do contribuinte, o senador paranaense Flávio Arns apresentou no Senado o Projeto de Decreto Legislativo nº 17/2019, que prevê a extinção da ajuda de custo concedida aos membros do Congresso Nacional por ocasião do início e do final dos seus mandatos. Na última terça-feira (19), os vereadores cascavelenses discutiram a questão e aprovaram as Moções 03 e 04/2019, de autoria do vereador Policial Madril (PMB), endereçadas a Rodrigo Maia (DEM), presidente da Mesa Diretora da Câmara dos Deputados e a Davi Alcolumbre (DEM), presidente da Mesa Diretora do Congresso Nacional, pedindo urgência na deliberação do Projeto e repudiando o pagamento do auxílio.

Para se ter uma ideia, o subsídio mensal médio é de R$ 33 mil, com 54 senadores e 513 deputados federais eleitos em 2018, sem incluir os suplentes, haverá um gasto de R$ 38,2 milhões somente para as mudanças.

Via: Redação/Assessoria de Imprensa/CMC - Foto: Divulgação 

Envie para o nosso Whatsapp a sua sugestão de fotos ou videos, que a equipe nossa irá atender você. (45) 9.8812-8476 ou Entre no nosso grupo do WhatsApp: https://goo.gl/WjuzHP.

Postar um comentário:

Tecnologia do Blogger.