Obras do Ecopark Santa Cruz seguem em ritmo acelerado

Um grande canteiro de obras! Assim pode ser definida a área localizada no Bairro Santa Cruz, às margens do Córrego Bezerra, onde  está sendo construído o Ecopark Oeste.  A ordem de serviço para execução do projeto foi assinada no dia 4 de dezembro pelo prefeito Leonaldo Paranhos e, já na sequência a Contersolo, empresa vencedora da licitação iniciou os trabalhos. De acordo com Ulysses Afonso Zaror, engenheiro civil da Sesop (Secretaria de Obras Públicas) e fiscal da obra, o cronograma está dentro do previsto que conta com prazo de 300 dias para conclusão. "Acreditamos que se não houver nenhum contratempo com o clima, em outubro deste ano, o Ecopark Oeste estará concluído".

Zaror explica que a execução da obra é "totalmente aberta e exposta às intempéries climáticas, mas o cronograma de serviços foi estabelecido para trabalhar com várias frentes já prevendo interferências das chuvas". Para dar conta do trabalho as equipes estão atuando em ritmo acelerado. O descanso foi apenas nos períodos que antecederam o Natal e o Ano Novo, e logo após os festejos o trabalho retomou o ritmo. "Neste momento estamos executando a parte mais complicada do projeto que é o revestimento do córrego, ou seja, estamos fazendo a proteção com  gaiolas (telas) e rochas para manter sua forma e permitir a vazão da água e a proteção da mata ciliar em 600 metros de canal",  explicou o engenheiro Marcos Almeida, da Sesop.

A Construtora Contersolo, também já esta fazendo as calçadas nas ruas Xavantes e Suyas, além da execução do bueiro da Rua Tamoios que também já foi iniciada. "Nesta rua havia uma ponte improvisada, somente para pedestres que foi retirada e, no lugar, será construído um bueiro em concreto, possibilitando a interligação da rua entre um bairro e outro. Na sequência será feito um novo bueiro da Rua Públio Pimentel e, após a conclusão desta etapa, por último, será feito um bueiro na Avenida Brasil", detalhou Ulysses. Também já foram iniciadas as obras de 2.760 metros de ciclovia e 2,6 mil metros de pista de caminhada, além  das 125 vagas de estacionamento entre as avenidas Brasil e das Torres.

"O Ecopark Oeste contará com 220 mil metros quadrados de área e será todo cercado, seu entorno contará com calçadas nos acessos, com áreas verdes, plantaremos grama e vamos plantar novas árvores e preservar as existentes. A obra vai beneficiar além dos moradores do Bairro santa Cruz, uma população de 69 mil pessoas, que moram na região", completou Marcos Almeida.

Binário
Ainda de acordo com os engenheiros da Sesop, as obras no Ecopark Oeste ou Ecopark Santa Cruz, vão acontecer em paralelo com as obras do binário das ruas Recife /Kennedy que vão contar com duas rotatórias e uma ponte que ligará os Bairros Aclimação e FAG. Estas obras fazem parte do PDI (Programa de Desenvolvimento Integrado) e estão em fase de análise do processo licitatório, para serem iniciadas.

Ecopark Oeste
O Ecopark Oeste está localizado entre a Rua Públio Pimentel e Avenida das Torres, no Território Cidadão III. De acordo com a concorrência 24/18 para a construção do parque linear do Córrego Bezerra, o valor máximo da licitação foi fixado em R$ 16.305.292,30, mas a empresa vencedora da licitação ofereceu proposta de R$ 13.285.014,80, o que proporcionou uma economia de R$ 3.020.277,50, o equivalente a 18,5%.

O projeto do Ecopark foi viabilizado através de convênio entre o Município e Itaipu Binacional, com articulação do deputado federal Evandro Roman, compreendendo a recuperação do córrego com plantio de árvores, proteção ambiental em seu entorno, instalada pista de caminhada, "Parcão" (área comum onde os animais de estimação poderão frequentar com seus donos) ciclovia, paraciclos, horta escola, lago, estacionamento, pontos de travessia e  equipamentos de alongamento e atividades físicas.

O projeto também contempla a infraestrutura para a recuperação e drenagem do córrego, ou seja, a margem será toda revitalizada com o plantio de árvores, grama e recomposição da mata ciliar, que vão garantir a preservação do curso de água. A parte mais deteriorada, localizada no Bairro Santa Cruz, será canalizada e o trecho integrante do loteamento FAG terá mata ciliar recuperada, beneficiando o microclima local e o meio ambiente como um todo.


Via: Redação/Portal do Município de Cascavel - Foto: Divulgação 

Envie para o nosso Whatsapp a sua sugestão de fotos ou videos, que a equipe nossa irá atender você. (45) 9.8812-8476 ou Entre no nosso grupo do WhatsApp: https://goo.gl/WjuzHP.

Postar um comentário:

Tecnologia do Blogger.