Pato Futsal vence o Atlântico na ida pela final da LNF

No primeiro jogo da final pela Liga Nacional de Futsal (LNF), o Pato Futsal venceu o Atlântico por 6 a 0 neste domingo, 2, no Ginásio Dolivar Lavarda, em Pato Branco.

Em um jogo com superioridade total do Pato, não foi difícil para o time de Sérgio Lacerda conseguir a vitória, que veio em goleada. A torcida lotou o ginásio e saiu feliz com uma atuação segura da defesa, que não levou maires sustos e o ataque eficiente.

Com primeiros minutos de estudo de ambos os lados, a primeira boa chance veio para os donos da casa, após um lançamento para Rodriguinho, que parou em uma boa intervenção do goleiro Careca. Poucos minutos depois, o Atlântico deu o troco, em uma saída rápida para o ataque, dois contra um, mas que Lucas não aproveitou, chutando rasteiro para fora.

O jogo começou a ter um ritmo mais forte e a bola chegou a balançar a rede, mas o gol de Jé foi anulado, por mão na bola, do jogador do Atlântico. Foi alguns minutos depois que a o primeiro tento saiu para explodir a arquibancada. Dí Maria fez uma boa jogada pela esquerda e chutou forte, Careca não conseguiu encaixar a bola, que sobrou para Alemão mandar para o fundo da rede e fazer 1 a 0 Pato. Embalado, logo em seguida os donos da casa ampliaram o marcador em contra-ataque em que Thiago Gouveia conduziu bem a bola até a área e tocou para Dí Maria sair de Careca e fazer o dele.

Logo após o segundo gol, o Atlântico pediu um tempo técnico, mas a reação não saiu do papel. O Pato continuou pressionando e exigindo boas defesas do goleiro adversário. O fim do primeiro tempo foi de tranquilidade de um lado e pressão do outro, que não conseguia criar perigo para descontar o marcador.

Na volta do intervalo, mesmo cenário. O Pato seguia superior e não demorou para confirmar o momento. Primeiro, Em bola lançada pelo goleiro, Well tirou de careca e abola ia em direção do gol, até que Selbach tirou praticamente em cima da linha. Pouco depois, em jogada pela direita de Rodriguinho, o jogador manda a bola pro meio da área e Lucas tira errado para o próprio gol, fazendo contra.

O quarto gol veio em seguida em uma boa jogada de pivô de Thiago Gouveia, que recebeu dentro da área, na frente da marcação, segurou e pisou na bola, deixando Di Maria mandar para o gol. Mesmo com o placar definido faltando 10 minutos, o Atlântico partiu para o goleiro linha, mesmo com a missão difícil. A estratégia, no entanto não deu certo, já que em uma saída errada o Pato voltou a marcar com Ernandes. A comemoração do jogador ainda gerou um princípio de confusão com a equipe do Atlântico. Fechando a conta, o goleiro Alex também deixou o dele, com o gol adversário vazio.

O jogo de volta, no Ginásio do Galo, em Erechim, será no próximo domingo, 9, às 11 horas.

Via: Redação/Luiz Felipe Max/Gazeta Esportiva - Foto: Divulgação 

Envie para o nosso Whatsapp a sua sugestão de fotos ou videos, que a equipe nossa irá atender você. (45) 9.8812-8476 ou Entre no nosso grupo do WhatsApp: https://goo.gl/WjuzHP.

Postar um comentário:

Tecnologia do Blogger.