Paranhos encaminha anteprojeto de lei que cria o cargo de intérprete de libras

Com o tema "A conquista dos direitos da pessoa com deficiência: avanços e retrocessos", foi realizada hoje (4), no auditório da Prefeitura de Cascavel, a 3ª Conferência Municipal do Direito da Pessoa com Deficiência de Cascavel, durante todo o dia. Na abertura estiveram presentes o prefeito Leonaldo Paranhos, os secretários de Assistência Social, Hudson Moreschi Júnior, e Cletírio Feistler, da Casa Civil, o promotor Luciano Machado de Souza, da 8ª Promotoria, o presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Júlio Marcos de Souza,o vice-presidente da Adefica, Natalício Fogaça, e o conselheiro estadual da Pessoa com Deficiência, Pedro Martendal.

Durante a solenidade o prefeito Leonaldo Paranhos  assinou o anteprojeto de lei que cria e institui a carteira de saúde para as pessoas com deficiência, que são aquelas que apresentam impedimentos a longo prazo, quer seja de natureza física, mental, intelectual ou sensorial. Paranhos também assinou o anteprojeto de lei que dispõe sobre alterações no Plano de Cargos, Vencimentos e Carreiras do Servidor Público Municipal (Lei número 3.800/2004) e cria o cargo de "tradutor e intérprete de libras". "Essa será a mais importante Conferência, porque existe de fato a participação do poder público. Estamos resolvendo um problema que há muitos anos vem sendo debatido que é a questão da pessoa que tem uma deficiência continuada, mas que todo ano precisa fazer sua carteira para poder ter o benefício nos serviços públicos. Resolvido! Agora, através de uma lei e a contratação do profissional de libras, que é a comunicação de um servidor público, com os serviços públicos oferecidos para as pessoas com deficiência. Um projeto que determina abertura de um concurso para ter este profissional no quadro de servidores", detalhou o prefeito.

Paranhos disse ainda que "Cascavel tem 67 anos e não tem um plano municipal de mobilidade. E, como a execução do plano demora um pouco mais, porque é um plano de inclusão de toda a cidade, contratei junto, o PAITI, que é um plano de intervenção imediata localizada, que agiliza a solução de problemas pontuais de mobilidade em toda a cidade não apenas na área central". O prefeito aproveitou a oportunidade parda anunciar o projeto "Avançar Cascavel", que são obras nas avenidas dos bairros que vamos revitalizar. "Temos que incentivar o comércio e dar mobilidade às pessoas que moram nos bairros. As avenidas Interlagos, Papagaios, Gralha Azul, Itália, Leonardo da Vinci, serão transformadas com acessibilidade, calçada, ajardinamento, refeito o asfalto e ainda vamos instalar novos abrigos de ônibus na cidade, todos com acessibilidade. E mais a 'Rua Segura', para 32 escolas, que consideramos escola de risco com problemas de trânsito. Serão instalada a travessia com faixa elevada, câmeras de monitoramento e calçadas dos dois lados, e estas ações contemplam esta conferência", completou.

O promotor Luciano Machado de Souza, destacou em seu pronunciamento os investimentos que o Município tem feito para garantir os direitos das pessoas com deficiência. "Agora mesmo recebi notícia de que o prefeito Paranhos vai encaminhar o projeto de lei para criar o cargo de intérprete de libras que é necessário, principalmente nas áreas da saúde e assistência social, onde nós temos dificuldades. E, agora, nesta semana a Prefeitura comunicou a mudança do Cedip e Laboratório Municipal que eram ambientes que estavam em investigação por falta de acessibilidade, problema que foi corrigido no novo local e o prefeito acabou de anunciar também uma série de construções e readequações principalmente de calçadas em torno dos ambientes públicos que estão sob investigação e muitos dos problemas envolvendo escolas por falta de acessibilidade têm sido resolvidos, enfim uma série de conquistas de todos. E assim Cascavel tem se tornado mais amiga da pessoa com deficiência", ressaltou.

O presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Júlio Marcos de Souza, através da intérprete de Libras, disse "este é um momento especial que as pessoas com deficiência estão vivendo, porque várias barreiras estão sendo quebradas pela sociedade de Cascavel, porque tem aumentando o engajamento de todos em defesa da inclusão".

O secretário Hudson Moreschi disse que a participação de toda a comunidade e setores produtivos representados na conferência, "demonstra o estado democrático que é uma conferência, para discutir a defesa e as garantias das pessoas com deficiência. E, para isso, sem dúvidas o diálogo, a troca de ideias é necessária e importante nessa construção".

Márcia Baldini, secretária municipal de Educação, destacou importância da conferencia no levantamento, encaminhamento e resolução de questões que afligem as pessoas com deficiência. "Aqui é o lugar e momento de estarmos discutindo a problemática das políticas públicas em relação às pessoas com deficiência. Nós, da rede pública de ensino, tivemos muitos avanços e, mais ainda, temos muitos desafios pela frente para a verdadeira inclusão da pessoa com deficiência".

Via: Redação/Portal do Município de Cascavel - Foto: Divulgação 

Envie para o nosso Whatsapp a sua sugestão de fotos ou videos, que a equipe nossa irá atender você. (45) 9.8812-8476 ou Entre no nosso grupo do WhatsApp: https://goo.gl/WjuzHP.

Postar um comentário:

Tecnologia do Blogger.