Cerimônia de Abertura dos Jogos Escolares da Juventude emociona público em Natal (RN)

A contagem regressiva para a edição nacional dos Jogos Escolares da Juventude chegou ao fim. No início da noite desta segunda-feira, 12 de novembro, as maiores promessas do esporte brasileiro se reuniram no Colégio Henrique Castriciano, em Natal (RN), para a Cerimônia de Abertura da principal competição estudantil do país, que reúne jovens de 12 a 17 anos. O evento teve apresentações de dança, participação da mascote Ginga e o tradicional desfile das delegações. No fim, a festa foi concluída em grande estilo com a ginasta Daniele Hypolito acendendo a pira dos Jogos.

“Esse é o maior evento escolar do Brasil. Estou muito feliz de estar no Rio Grande do Norte, meu estado de nascimento. O COB entende que o esporte deve ser fortalecido na escola e nossa atenção nos próximos anos estará voltada cada vez mais para isso. O futuro do esporte brasileiro está com vocês, jovens atletas”, discursou o presidente do COB, Paulo Wanderley, natural de Caicó (RN).

A Cerimônia contou também com a presença de autoridades estaduais, como Robinson Faria (Governador do Rio Grande do Norte), Fernando Villar (Secretário de Esporte e Lazer), Tatiana Mendes Cunha (Secretária Chefe da Casa Civil) e Manuel Gaspar (Secretário de Turismo). Além deles, quem esteve presente foi o Ministro do Esporte, Leandro Cruz, que fez questão de elogiar todas as partes envolvidas na organização do evento.

“Os Jogos da Juventude são um patrimônio esportivo do Brasil, pois daqui surgiram grandes atletas nacionais. Aqui em Natal está a nata da nossa juventude, do alto rendimento. Rendo a minha homenagem a esses atletas, árbitros, professores e, acima de tudo, aos pais desses atletas. E que o COB siga no caminho correto, democratizando a sua gestão, gerindo corretamente os seus recursos e apoiando o desporto nacional”, disse o ministro.

Cerimônia de Abertura - Campeão olímpico em Barcelona 1992, o ex-jogador de vôlei Tande foi o mestre de cerimônias da festa, que começou com uma homenagem especial de todos os presentes ao treinador da seleção brasileira de canoagem velocidade, o espanhol Jesús Morlán, que faleceu no último domingo, 11 de novembro. Após a salva de palmas, quem entrou em cena foi a Escola de Dança do Teatro Alberto Maranhão (EDTAM), com uma belíssima homenagem ao cantor e compositor nordestino Luiz Gonzaga. Sob direção artística de Wanie Rose, sete bailarinos apresentaram ao público uma coreografia alegre, que simboliza o espírito do povo potiguar. A companhia soma 81 prêmios nacionais e internacionais em sua longa história, tendo se apresentado nos seguintes países: Alemanha, Suíça, França, México e Estados Unidos.

Em seguida, o desfile de delegações teve as participações especiais da mascote Ginga e da delegação japonesa, que trouxe oito nadadores para a disputa dos Jogos Escolares. Muito aplaudidos pelo público, os jovens asiáticos foram os penúltimos a desfilar, antecedendo somente a equipe anfitriã. Todos então se levantaram para a execução do hino nacional brasileiro e o juramento de atletas e árbitros, proferidos por Isabel Cristyne, 16 anos, do badminton, e Jonatas Tomé, 22, respectivamente.

Para encerrar a festa, o revezamento da tocha contou com a participação dos Embaixadores dos Jogos Escolares: Magnólia Figueiredo (atletismo), Duda Vaz (judô), Rodrigo Sacramento (professor de matemática), Joanna Maranhão (natação) e Daniele Hypolito (ginástica artística), responsável por acender a pira no palco do ginásio.

Competição - Organizados pelo COB desde 2005, os Jogos Escolares da Juventude são a principal competição estudantil do país. A edição nacional de Natal terá a participação de mais de 5 mil atletas de 2.136 escolas públicas e privadas de todo o Brasil, mais uma delegação do Japão, sede dos próximos Jogos Olímpicos.

A etapa nacional terá 14 modalidades em disputa: basquete, futsal, handebol, vôlei, atletismo, badminton, ciclismo, ginástica rítmica, judô, natação, tênis de mesa, vôlei de praia (apenas na categoria 15 a 17 anos), xadrez e wrestling.

Os Jogos Escolares da Juventude já revelaram vários atletas para o alto rendimento, como a campeã olímpica Sarah Menezes e a campeã mundial Mayra Aguiar, ambas do judô. Além delas, nomes como Hugo Calderano, Raulzinho, Ana Claudia Lemos e Leonardo de Deus, que integraram o Time Brasil nos Jogos Olímpicos Rio 2016, deram seus primeiros passos no esporte nos Jogos Escolares. Já nos Jogos Pan-americanos Toronto 2015, 75 atletas da delegação brasileira tiveram passagem pelos Jogos Escolares. Da delegação brasileira que participou dos Jogos Olímpicos da Juventude Buenos Aires 2018, no mês passado, 33 atletas entre 59 possíveis em 11 modalidades são oriundos da maior competição escolar do país.

Os Jogos Escolares da Juventude são organizados e realizados pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB), correalizados pelo Ministério do Esporte e Grupo Globo, com patrocínio da Coca-Cola e parceria do Governo do Estado do Rio Grande do Norte.

Via: Redação/Assessoria COB - Foto: Divulgação 

Envie para o nosso Whatsapp a sua sugestão de fotos ou videos, que a equipe nossa irá atender você. (45) 9.8812-8476 ou Entre no nosso grupo do WhatsApp: https://goo.gl/WjuzHP.

Postar um comentário:

Tecnologia do Blogger.