Alberto Pompeu recebe título de cidadão honorário da Câmara de Cascavel

A Câmara de Vereadores realizou nesta segunda-feira (12) a entrega do título de Cidadão Honorário ao contador e professor Alberto Pompeu, figura que marcou a vida pública cascavelense nos 67 anos do município.

Nascido em Foz do Iguaçu, em 1937, Alberto Pompeu mora em Cascavel desde 1949, é casado com Meiry Pompeu e tem dois filhos e quatro netos. Contador formado pela Fecivel na primeira turma, em 1980, cursou ainda Direito e Letras e tem pós-graduação em gestão de qualidade no curso de engenharia de produção na UFSC. Docente jubilado em 2008, pela Unioeste, onde atuou, desde 1981, como professor no curso de Ciências Contábeis, em diversas cadeiras, especialmente Contabilidade Pública e Orçamento, foi diretor geral do Hospital Universitário do Oeste do Paraná por oito anos. Foi também professor do Marista e contador da prefeitura de Cascavel e Catanduvas.

Historiador, membro fundador da Academia Cascavelense de Letras, foi fundador e ex-presidente da Associação dos Docentes Universitários de Cascavel por vários mandatos, coordenador da gráfica e editora da Unioeste, fundador e ex-presidente do Automóvel Clube de Cascavel, do Clube de tiro Guairacá, da Câmara de Dirigentes Lojistas de Cascavel (CDL), presidente vitalício da Boca Maldita de Cascavel, fundador e dirigente do Sindilojista, fundador e membro da diretoria da Associação dos Amigos dos Museus de Cascavel e da Associação Comercial industrial de Cascavel (ACIC).

O presidente da Câmara, Gugu Bueno (PR) e o vereador Serginho Ribeiro (PPL) resgataram o Decreto Legislativo 02 de 2010 proposto pelo então vereador Nelsinho Padovani. O homenageado tem 81 anos, 69 dos quais vividos em solo cascavelense. Aqui chegou em 1949 e não parou de trabalhar, promovendo o desenvolvimento do município, especialmente na área de educação.

Estiveram presentes na solenidade o deputado federal, Nelson Padovani, do 5º Comando Regional da PM, o Major Renato Marchetti, o General da 15° Brigada de Infantaria Mecanizada, Tenente Silvio Berny, representando o 4º Agrupamento do Corpo de Bombeiro, Tenente Coronel Fernando Schunig, da 33° Batalhão de Infantaria Mecanizada, Tenente Mateus Rezende, o coordenador da pós-graduação do curso de Direito da Unipar, Fausto Alencar Irschilinger, da Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Cascavel e membro do Boca Maldita, Valmor Pietsch, do Conselho Comunitário de Segurança, Rafael de Lorenzo, o empresário Pedro Muffato, além de familiares e amigos.

O pai do homenageado, Manoel Ludgero Pompeu, chegou à região na década de 20 e foi designado intendente distrital. Sem maquinário, rasgou a rua Paraná e abriu as primeiras vias da cidade ligando Cascavel ao norte do estado. O filho manteve o pioneirismo da família e ajudou a criar novas instituições, novas associações e clubes, mantendo até hoje uma reserva particular de objetos e memórias de Cascavel.

Via: Redação/Assessoria de Imprensa/CMC - Foto: Flavio Ulsenheimer

Envie para o nosso Whatsapp a sua sugestão de fotos ou videos, que a equipe nossa irá atender você. (45) 9.8812-8476 ou Entre no nosso grupo do WhatsApp: https://goo.gl/WjuzHP.

Postar um comentário:

Tecnologia do Blogger.