Stock Car em Cascavel teve corridas cheias de emoção

O final de semana (09), foi muita emoção no Autódromo Internacional Zilmar Beux em Cascavel com a oitava etapa da Stock Car este que é o principal campeonato do automobilismo brasileiro.

Um grande público compareceu para acompanhar estas disputas de peso e é claro tirar aquela foto com o seu piloto preferido.

Mas não foi só o público, Valdeno Brito aproveitou para conversar com um grande ídolo Pedro Muffato, garantindo aqueles últimos detalhes.

Em uma corrida cheia de apertos a frieza era fundamental, Lucas di Grassi foi o vencedor da primeira corrida.

Largando em segundo, Di Grassi manteve a segunda posição, sempre andando muito próximo do líder Felipe Fraga. Na abertura da janela de pit stops, a Hero Motorsport deu o "pulo do gato" ao optar por não abastecer o carro e proceder somente com a troca dos pneus do lado direito do carro. Enquanto Fraga abasteceu e trocou pneus em sua parada, o carro #11 saiu na frente do adversário. Depois, apertou o ritmo para abrir distância confortável, cruzando a linha de chegada 11 segundos à frente do segundo colocado. Marcos Gomes garantiu a terceira colocação.

Júlio Campos foi o quarto colocado, com Gabriel Casagrande em quinto, Cacá Bueno em sexto, Rubens Barrichello em sétimo, Thiago Camilo em oitavo, Lucas Foresti em nono e Rafael Suzuki fechando o top-10 que larga em ordem invertida na corrida 2.

Mas nem tudo foi alegria, Valdeno Brito da Eisenbahn Racing Team, que tinha altas expectativas para o fim de semana, teve de se contentar em ver a maior parte das corridas do dia pela televisão. Pois sofreu dois problemas, o Pneu furado e direção hidráulica quebrada.

A segunda corrida teve Rafael Suzuki se sustentando muito bem na liderança apesar dos ataques de Thiago Camilo, mas que levou a melhor foi Átila Abreu.

O piloto da Shell V-Power, que havia abandonado a disputa da prova inicial, optou por realizar sua parada de box na última volta da janela obrigatória, aproveitando três intervenções do carro de segurança. A jogada de Átila deu tão certo que a bandeira verde de relargada só veio a três voltas do final.

Thiago Camilo teve um problema momentâneo de câmbio (que reduziu sozinho da quarta para a segunda marcha em plena reta prinicipal) e Suzuki não tinha mais botões de ultrapassagem disponíveis. Júlio Campos passou para a segunda posição, mas não havia mais tempo de atacar.

Assim, Átila Abreu cruzou a linha de chegada em primeiro, menos de um segundo à frente de Campos, que com o quarto lugar na primeira prova terminou como o maior pontuador da etapa de Cascavel. A Rafael Suzuki restou o consolo de fechar o pódio na terceira posição.

A Stock Car agora segue para o interior de São Paulo em Mogi Guaçu, no circuito do Velo Città, no dia 23 de setembro.

Campeonato – A classificação do campeonato ficou mais apertada após a rodada dupla cascavelense, já que o líder Daniel Serra não pontuou em nenhuma das duas provas do fim de semana. O piloto da Eurofarma RC, atual campeão da Stock Car, abandonou a primeira prova após um furo no pneu dianteiro esquerdo, e na segunda corrida terminou apenas na 13ª posição. Assim, Felipe Fraga, que com um segundo e um sétimo lugares conquistados, marcou 32 pontos na etapa e agora fica a apenas 12 do líder.

Max Wilson, então vice-líder, cai para a terceira posição com 159, empatado com Marcos Gomes. Atrás deles, equilíbrio: Rubens Barrichello e Cacá Bueno aparecem separados por apenas um ponto (142 a 141) na quinta e sexta posição, respectivamente; Julio Campos soma 128 em sétimo com Átila Abreu em oitavo (112), Ricardo Zonta (99) e Lucas Di Grassi (98), que venceu a primeira prova mas abandonou a segunda, fechando os dez primeiros colocados na classificação geral.


Resultado da Corrida 1:
1. 11 Lucas Di Grassi (Hero Motorsport) – 39 voltas em 42min01s287
2. 88 Felipe Fraga (Cimed Chevrolet Racing) – a 10s595
3. 80 Marcos Gomes (Cimed Chevrolet Racing Team) – a 12s928
4. 4 Julio Campos (Prati-Donaduzzi Racing) – a 14s315
5. 83 Gabriel Casagrande (Vogel Motorsport) – a 15s271
6. 0 Cacá Bueno (Cimed Chevrolet Racing) – a 21s607
7. 111 Rubens Barrichello (Full Time Sports) – a 25s166
8. 21 Thiago Camilo (Ipiranga Racing) – a 25s362
9. 12 Lucas Foresti (Cimed Chevrolet Racing Team) – a 25s523
10. 8 Rafael Suzuki (Bardahl Hot Car) – a 30s322
11. 110 Felipe Lapenna (Cavaleiro Contuflex) – a 31s748
12. 70 Diego Nunes (Full Time Bassani) – a 38s791
13. 65 Max Wilson (Eurofarma RC) – a 51s084
14. 5 Denis Navarro (Cavaleiro Sports) – a 52s209
15. 1 Antonio Pizzonia (Prati-Donaduzzi Racing) – a 1min28s875
16. 10 Ricardo Zonta (Shell V-Power) – a 1 volta
17. 344 Esteban Guerrieri (Hero Motorsport II) – a 1 volta
18. 33 Nelson Piquet Jr (Full Time Bassani) – a 2 voltas
19. 46 Vitor Genz (Eisenbahn Racing Team) – a 3 voltas
20. 90 Ricardo Maurício (Full Time Sports) – a 5 voltas
21. 44 Bruno Baptista (Hero Motorsport) – a 6 voltas

NÃO COMPLETARAM
22. 29 Daniel Serra (Eurofarma RC) – a 11 voltas
23. 51 Átila Abreu (Shell V-Power) – a 16 voltas
24. 77 Valdeno Brito (Eisenbahn Racing Team) – a 21 voltas
25. 28 Galid Osman (Cavaleiro Sports) – a 21 voltas
26. 3 Bia Figueiredo (Ipiranga Racing) – a 23 voltas
27. 9 Guga Lima (Vogel Motorsport) – a 23 voltas
28. 116 Nestor Girolami (Bardahl Hot Car) – a 30 voltas
29. 18 Allam Khodair (Blau Motorsport) – a 38 voltas
30. 30 Cesar Ramos (Blau Motorsport) – a 38 voltas
MELHOR VOLTA: Lucas Di Grassi, 1min02s332 (176,6 km/h)

Resultado da Corrida 2:
1. 51 Átila Abreu (Shell V-Power) – 31 voltas em 42min05s782
2. 4 Julio Campos (Prati-Donaduzzi Racing) – a 0s610
3. 8 Rafael Suzuki (Bardahl Hot Car) – a 0s887
4. 21 Thiago Camilo (Ipiranga Racing) – a 2s870
5. 0 Cacá Bueno (Cimed Chevrolet Racing) – a 3s175
6. 65 Max Wilson (Eurofarma RC) – a 3s515
7. 88 Felipe Fraga (Cimed Chevrolet Racing) – a 3s751
8. 1 Antonio Pizzonia (Prati-Donaduzzi Racing) – a 4s642
9. 10 Ricardo Zonta (Shell V-Power) – a 5s192
10. 344 Esteban Guerrieri (Hero Motorsport II) – a 6s409
11. 80 Marcos Gomes (Cimed Chevrolet Racing Team) – a 7s363
12. 46 Vitor Genz (Eisenbahn Racing Team) – a 7s557
13. 29 Daniel Serra (Eurofarma RC) – a 8s098
14. 111 Rubens Barrichello (Full Time Sports) – a 8s917
15. 90 Ricardo Maurício (Full Time Sports) – a 8s972
16. 44 Bruno Baptista (Hero Motorsport) – a 10s134
17. 12 Lucas Foresti (Cimed Chevrolet Racing Team) – a 11s065
18. 110 Felipe Lapenna (Cavaleiro Contuflex) – a 11s865

NÃO COMPLETARAM
19. 3 Bia Figueiredo (Ipiranga Racing) – a 9 voltas
20. 33 Nelson Piquet Jr (Full Time Bassani) – a 11 voltas
21. 9 Guga Lima (Vogel Motorsport) – a 11 voltas
22. 77 Valdeno Brito (Eisenbahn Racing Team) – a 15 voltas
23. 116 Nestor Girolami (Bardahl Hot Car) – a 18 voltas
24. 70 Diego Nunes (Full Time Bassani) – a 23 voltas
25. 5 Denis Navarro (Cavaleiro Sports) – a 29 voltas
26. 11 Lucas Di Grassi (Hero Motorsport) – a 30 voltas
27. 83 Gabriel Casagrande (Vogel Motorsport) – excluído
MELHOR VOLTA: Thiago Camilo, 1min02s795 (175,3 km/h)

Classificação do Campeonato:
1. Daniel Serra, 191 pontos
2. Felipe Fraga, 179
3. Max Wilson, 159
4. Marcos Gomes, 159
5. Rubens Barrichello, 142
6. Cacá Bueno, 141
7. Julio Campos, 128
8. Átila Abreu, 112
9. Ricardo Zonta, 99
10. Lucas di Grassi, 98
11. Thiago Camilo, 91
12. Gabriel Casagrande, 78
13. Cesar Ramos, 61
14. Rafael Suzuki, 52
15. Allam Khodair, 50
16. Lucas Foresti, 45
17. Ricardo Maurício, 35
18. Vitor Genz, 31
19. Felipe Lapenna, 30
20. Diego Nunes, 19
21. Antonio Pizzonia, 19
22. Denis Navarro, 18
23. Bia Figueiredo, 17
24. Guga Lima, 14
25. Nelson Piquet Jr, 13
26. Sérgio Jimenez, 10
27. Tuka Rocha, 7
28. Agustín Canapino, 5
29. Guilherme Salas, 4
30. Bruno Baptista, 4
31. Valdeno Brito, 3
32. Esteban Guerrieri, 3
33. Galid Osman, 0
35. Nestor Girolami, 0

Via: Redação/Luiz Felipe Max/Assessoria Stock Car - Foto: Skalet Fernanda/Portal24

Envie para o nosso Whatsapp a sua sugestão de fotos ou videos, que a equipe nossa irá atender você. (45) 9.8812-8476 ou Entre no nosso grupo do WhatsApp: https://goo.gl/WjuzHP.

Postar um comentário:

Tecnologia do Blogger.