Saúde lança meta de 10 mil exames preventivos entre Outubro Rosa e Novembro Azul

Com a proximidade dos meses tradicionalmente voltados às campanhas de prevenção dos cânceres com maior incidência entre o público feminino - em outubro - e masculino, em novembro, o Município de Cascavel definiu estratégias para intensificar a rotina de rastreamento que já é realizada nas unidades de saúde durante o ano. A meta é realizar 10 mil exames preventivos (colo de útero e mamografia para mulheres e o PSA para detecção precoce do câncer de próstata para o público masculino) até o fim do ano, com intensificação no Outubro Rosa e no Novembro Azul.

Os detalhes e os parceiros que possibilitarão alcançar esta meta foram apresentados pelo secretário de Saúde, Rubens Griep, durante a Escola de Governo especial desta terça-feira (4), no auditório da Prefeitura, quando também foram explanados detalhes sobre o edital de Chamamento Público 04/2018, da Secretaria de Cultura e Esportes - que beneficiam 12 modalidades do esporte amador de Cascavel e apresentado o novo modelo de gestão de combustíveis da frota municipal, o Cartão Combustível.

O prefeito Leonaldo Paranhos enfatizou as parcerias e as estratégias, lembrando "que temos trabalhado com ênfase na prevenção porque é a alternativa, em saúde: muito mais eficiente, econômica e inteligente. Tradicionalmente intensificamos as campanhas em outubro e novembro e, agora, estimamos pelos menos 10 mil exames, número  considerável para se atingir, mas que será possível de realizar com importantes parcerias".

Na rotina de rastreamento, segundo Griep, as 42 unidades de saúde de Cascavel já realizam o preventivo de câncer de colo de útero para mulheres a partir dos 25 anos, por meio do Labcell Citologia; também são realizadas bianualmente ou anualmente, dependendo do diagnóstico, entre mulheres na faixa etária dos 50 aos 69 anos a mamografia de rastreamento, por meio de parceria com o Ceonc, a Uopeccan e o Huop; e para os homens na faixa dos 45 aos 65 anos, é disponibilizado o PAS rastreamento por meio do Laboratório Municipal, também anual ou bianual conforme os resultados.

A Uopeccan e o Hospital Universitário irão apoiar a estratégia de rastreamento com suporte a este atendimento. Como as unidades já trabalham com coleta de sangue na rotina dos pacientes atendidos, será solicitado para incluir o PSA para os homens na faixa etária preconizada. "No momento da coleta de sangue já será feita a coleta separada para amostra do PSA, que será enviado a um prestador específico vinculado ao Ceonc", detalhou o secretário.

Sesc Saúde Mulher
Outra novidade anunciada nesta manhã ficou por conta do serviço que será agregado à campanha por meio do Sesc, cujo convênio foi assinado na Escola de Governo, visando à assistência médica de ações em saúde. Durante o período 14 de setembro a 24 de outubro os exames para o público feminino serão incrementados com a presença da unidade móvel Sesc Saúde Mulher no calçadão para atender mulheres trabalhadoras que circulam pelo local.

O gerente do Sesc, Alberto Joris, disse que o "Serviço Social do Comércio acredita nisso e apoia as iniciativas e os projetos de saúde, educação, esporte e lazer que alavancam o desenvolvimento do Município e da região. Para isso temos o principal objetivo o trabalho preventivo".

Os demais parceiros também enalteceram a parceria, colocando os serviços à disposição do Município, no sentido de ampliar cada vez mais o alcance e a prevenção. O HU, por exemplo, informou que já trabalha com livre demanda para mulheres que desejam fazer mamografia.

Alcance ampliado
Em 2017 foram realizadas, com as parcerias, 16.572 mamografias e apesar disso, ainda é possível encontrar diagnósticos tardios entre as pacientes. "Se a gente tem feito uma quantidade adequada de exames e, assim temos tido casos com diagnóstico tardio, é porque ainda não estamos atingindo uma parcela da população ou estamos realizando exames sempre na mesma população. Agora a estratégia é chegar às pessoas que ainda não estamos alcançado", reforçou Griep, ao detalhar as campanhas e o objetivo de ampliar a rede de parceiros.

Estimativas
Segundo estimativas do Inca (Instituto Nacional do Câncer) para este ano, serão pelo menos 68 mil novos casos de câncer de próstata, o qual tem incidência de 31,7% entre os cânceres que mais atingem o público masculino. No Paraná, esta estimativa é de 14.290 homens afetados pela neoplasia de próstata (incidência de 29,2% dos cânceres).

Quanto às mulheres, o Instituto prevê 59.700 novos casos de câncer de mama (incidência de 29,5% entre os cânceres) no País e 16.370 e câncer de colo de útero (8,1%). Trazendo para a nossa realidade, são 11.030 mulheres com câncer de mama (28,7%) e mais 2.130 com câncer de colo de útero (5,5% das neoplasias que mais afetam o público feminino) no Paraná em 2018.

Via: Redação/Portal do Município de Cascavel - Foto: Divulgação 

Envie para o nosso Whatsapp a sua sugestão de fotos ou videos, que a equipe nossa irá atender você. (45) 9.8812-8476 ou Entre no nosso grupo do WhatsApp: https://goo.gl/WjuzHP.

Postar um comentário:

Tecnologia do Blogger.