Quase tudo pronto para cinco noites de contos e encantos

Era uma vez... Três palavrinhas que quando juntas têm o poder de abrir as portas do imaginário de qualquer pessoa que gosta de ouvir e contar histórias. A mente das crianças então, voa longe para os cenários e encantos que brotam dos livros, e é por este motivo que a leitura é tão importante para o desenvolvimento das crianças e tão incentivada nas escolas.

Em Cascavel, um evento que costumeiramente ocorre nas escolas passou a ser realizado também a nível de município, é o 'Contador de Histórias', que inicia sua segunda edição nesta segunda-feira (1º) com a intensa adesão de alunos e servidores das escolas e Cmeis. "São cerca de 100 professores e monitores de biblioteca que este ano vão se apresentar como contadores, além de uma média de 650 crianças desde o maternal II até o 5º ano", explica a coordenadora de Biblioteca Escolar Cilmara Ceccatto Sachet.

A participação de servidores e das turmas de Maternal II são parte das novidades reservadas para a edição deste ano, e apesar da pouca idade a quantidade de inscritos de turmas de Maternal II surpreendeu. O número de escola e Cmeis inscritos também cresceu significativamente de 2017 para cá. No ano anterior 47 unidades se inscreveram e neste ano já são 58. "Com isso nós conseguimos alcançar a participação de 50% da Rede Municipal, sem falar que muitos demonstraram interesse, mas como as vagas eram limitadas, não puderam participar desta edição", relata Cilmara.

O Contador de História ocorrerá durante cinco noites da próxima semana, começando na segunda-feira (1º) e encerrando na sexta-feira (5), sempre com abertura às 19h15. Cada noite terá de 10 a 15 apresentações e premiação dos participantes. Haverá ainda, nas cinco noites, feira de livros para os públicos infanto-juvenil e adulto e um estande da Feira do Teatro, além de participações especiais que foram preparadas para os visitantes.

Mary e Eliardo França
Mary e Eliardo França, que há décadas escrevem para crianças, com mais de 300 livros publicados, e são os criadores dos famosos "Pingos", são presença garantida na noite de abertura. Ainda antes das apresentações o casal vai falar um pouco da aventura que é produzir livros para o público infantil. A escritora Mary França traçará um panorama sobre a leitura em conexões com outros campos da cultura atual, destacando o alcance dos livros no processo de aprendizagem e a importância da relação leitor/aluno e família, relatando sua trajetória como esposa, mãe e escritora. Eliardo, que é ilustrador, vai interagir com a criançada, desenhando sobre papel branco (flip art), além de narrar junto com Mary.

Sobre os autores
Nascidos em Santos Dumont, Minas Gerais, vivem hoje, com seus filhos e netos em Juiz de Fora. Têm livros publicados em várias línguas com prêmios nacionais e internacionais. O casal trabalha em sintonia perfeita: os desenhos do talentoso Eliardo interagem ludicamente com o texto de Mary, atraindo de imediato o pequeno leitor na construção de um imaginário rico em detalhes, através do lúdico e da informação, proporcionando momentos de criatividade e lazer. Para Mary França, "É muito prazeroso escolher as palavras, brincar com seus sons, buscar ritmo para o texto, chamar atenção para velhas ou novas idéias, aguçar a criatividade de outros, fazer rir ou emocionar alguém... Escrevendo, a gente fica íntima do prazer de criar", diz. Eliardo França, por sua vez acha que: "Desenhar é uma das coisas mais bonitas da vida".

Palavras Andantes
Na noite de terça-feira (2) os convidados especiais são os integrantes do Projeto Palavras Andantes, que existe desde 2002, em Londrina. O projeto se baseia nos eixos de estímulo à leitura, dada por meio da contação de histórias; política de compras de livros, incentivo ao empréstimo de livros e organização pedagógica das bibliotecas escolares, de modo que sejam atrativas para os alunos. Em 2008, o Projeto Palavras Andantes recebeu a premiação do Viva Leitura, do Ministério da Cultura e do Ministério da Educação, do governo federal.

Pratas da Casa
O Contador de Histórias de 2018 também terá convidados especiais da própria Rede Municipal. Além de participarem da solenidade de abertura, cantando o Hino Nacional, o Coral Pequenos Picolis, da Escola Municipal Terezinha Picoli Cezarotto, também é convidado especial da terceira noite, na quarta-feira (3), com a apresentação O Ciclo sem Fim, de O Rei Leão.

Outro grupo que promete impressionar com a apresentação que abrirá oficialmente esta edição do Contador de Histórias é a turma do 5º ano da Escola Municipal Dulce Andrade Siqueira Cunha. Na segunda-feira os alunos enaltecerão a consagrada obra daquele que é considerado o "Pai da Literatura Infantil", Monteiro Lobato, com uma apresentação coletiva da música Sítio do Pica Pau Amarelo, de Gilberto Gil.

Via: Redação/Portal do Município de Cascavel - Foto: Divulgação/Secom

Envie para o nosso Whatsapp a sua sugestão de fotos ou videos, que a equipe nossa irá atender você. (45) 9.8812-8476 ou Entre no nosso grupo do WhatsApp: https://goo.gl/WjuzHP.

Postar um comentário:

Tecnologia do Blogger.