Comissionados e efetivos: Bocasanta pede relatório à prefeitura

A prefeitura tem 15 dias para responder o requerimento 471/2018, do vereador Jorge Bocasanta (PROS), questionando qual o número de vagas destinadas a cargos em comissão na administração direta e indireta no município. O documento foi aprovado na sessão desta terça-feira (11) e será encaminhado ao prefeito.

O vereador quer saber quantas das vagas existentes são ocupadas por servidores de carreira (concursados) do município? Quantas das vagas existentes são ocupadas por servidores de livre nomeação e exoneração, de caráter provisório (não concursados) no município? Existe por parte do município informações sobre o nível de escolaridade dos servidores que ocupam cargos em comissão de livre nomeação e exoneração? Se sim, a prefeitura deve fornecer relatório com dados relacionados ao nível de escolaridade dos servidores em cargo de comissão. Em caso negativo, informar quais por quais motivos não existem informações quanto ao nível de escolaridade dos servidores de ocupam cargos em comissão, muitas vezes de chefia no município.

“Muitas das vagas em comissão são ocupadas por funcionários de livre nomeação que ocupam cargos em diretorias, chefias e gerência”, explica Bocasanta. “Queremos entender melhor quais são as oportunidades de qualificação dos funcionários, sejam concursados ou comissionados”, destaca.

Via: Redação/Assessoria de Imprensa/CMC - Foto: Divulgação 

Envie para o nosso Whatsapp a sua sugestão de fotos ou videos, que a equipe nossa irá atender você. (45) 9.8812-8476 ou Entre no nosso grupo do WhatsApp: https://goo.gl/WjuzHP.

Postar um comentário:

Tecnologia do Blogger.