Cascavel ultrapassa meta de vacinação contra a paralisia infantil e sarampo

" Nós atingimos mais de 95% da nossa meta de imunização contra a paralisia infantil e sarampo", disse empolgada a Coordenadora do Programa Municipal de imunização, Cristina Carnaval.

De acordo com ela no período de 06 a 31 de agosto, foram vacinadas 18.622 crianças com idades de 01 a 4 anos , 11 meses e 29 dias, que eram os alvos da campanha, totalizando 37.205  doses da vacina aplicadas.

Deste total 18.583 crianças  receberam a dose contra o sarampo (112,54%)  e 18.622, contra a pólio (112,77%). " Nossa meta era imunizar 16,5 mil crianças, mas superamos este número . Tínhamos que vacinar 95% da população alvo e alcançamos 112%",  imunizamos quatro mil crianças além da nossa meta", disse  Cristina.

Por conta deste sucesso da campanha, ao contrário de alguns municípios do  Brasil, Cascavel, não vai aderir a prorrogação da campanha nacional de imunização contra a poliomelite (Paralisia Infantil) e Sarampo 2018.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, a decisão foi tomada porque o município ultrapassou a meta de cobertura vacinal, prevista pelo Ministério da Saúde, de 95% de todas as crianças de 01 ano a 04 anos 11 meses e 29 dias de idade, tanto da poliomielite quanto do sarampo.

Hoje(04)foi enviado a Décima Regional de Saúde, pelo Secretário da Saúde, Rubens Griep, oficio informando que "o município de Cascavel não irá aderir a prorrogação da campanha nacional de imunização contra o sarampo e a poliomielite. O oficio diz ainda que, considera que as vacinas enviadas para a campanha não foram em doses suficientes para a necessidade integral e foi necessário adiantamento das doses de rotina no mês de setembro, sendo adiantadas mil doses da tríplice viral e 1.250 doses da vacina contra a poliomielite oral. Considerando que o município não tem em estoque, neste momento , a vacina contra a pólio, e obtendo a informação de que a 10ª Regional de Saúde, não possui estoque para entrega imediata, optou-se pelo encerramento da campanha em Cascavel, na data prevista de 31 de agosto.

"Levando em consideração que temos a certeza que as nossas crianças, na faixa etária da campanha, estão, neste momento imunizadas, não correndo risco de contrair nenhuma das duas doenças, baseados nisso é que foi tomada a decisão de não prorrogar a campanha", concluiu Cristina

Via: Redação/Portal do Município de Cascavel - Foto: Divulgação 

Envie para o nosso Whatsapp a sua sugestão de fotos ou videos, que a equipe nossa irá atender você. (45) 9.8812-8476 ou Entre no nosso grupo do WhatsApp: https://goo.gl/WjuzHP.

Postar um comentário:

Tecnologia do Blogger.