Apofilab presta contas e faz reivindicações ao município

Atendendo a um convite de diretores, pais e funcionários da Apofilab (Associação de Portadores de Fissura Lábio Palatal de Cascavel) e do vereador Serginho Ribeiro, o prefeito Leonaldo Paranhos, participou na manhã desta quinta-feira (06) de reunião na sede da entidade, localizada na Rua Hélio Richard,1790, no Bairro Claudete. Em pauta a apresentação das contas da diretoria da Apofilab e a reivindicação de melhorias nos convênios e parcerias que ajudam na manutenção da entidade.

 De acordo com a diretora da Apofilab, Sônia Jimenez, foi apresentado ao prefeito a situação que a associação está enfrentando. Segundo ela, a entidade está com dificuldades financeiras para manter os projetos em funcionamento. "Por isso a presença do prefeito foi tão importante neste encontro porque pudemos expor nossa prestação de contas e o que realmente temos enfrentado para manter o atendimento na Apofilab", disse Sônia.

Durante a reunião, Paranhos colocou a importância das entidades para o Município. "As entidades atendem demandas que o Município, sem elas, não conseguiria dar conta. Por isso, é importante mantermos as parcerias para garantir um bom atendimento  às crianças, às famílias que aqui são assistidas", afirmou.

 A direção da Apofilab reivindicou a ampliação do número de profissionais cedidos pelo Município para o atendimento às crianças, ampliação no repasse financeiro e cedência de profissionais que não constam na lista de necessidades da entidade, além da pavimentação de um terreno que pertence ao Município, anexo a entidade, para uso de estacionamento. "Hoje temos muitas crianças na escola. E, com os carros estacionados no pátio, corremos o risco de ter registrado algum acidente envolvendo nossos alunos e queremos evitar isso. Com o estacionamento liberado, as crianças estariam mais seguras", completou Sônia.

Calçadas
A direção da Apofilab, também reivindicou a construção de calçadas em paver, na frente da escola e um abrigo para os pais e alunos. A entidade, de acordo com seus diretores, não tem condições financeiras de fazer obra. "A gente sabe que a Prefeitura está melhorando, refazendo e reconstruindo calçadas em frente a escolas municipais e prédios públicos e por isso pedimos que a nossa instituição fosse beneficiada com a obra",  completou a diretora.

Diante da exposição da diretoria, o prefeito Paranhos propôs algumas ações para auxiliar a entidade. "Vamos  falar com os prefeitos da Amop para realizarmos esta reunião de apresentação da Apofilab. É preciso que todos conheçam esse trabalho. Quanto aos alimentos, vamos trabalhar junto com o Provopar e a Secretaria de Assistência Social para que  façam repasses", pontuou Paranhos, completando que quantoàs calçadas e o terreno para o estacionamento "é possível viabilizar".

Para ter ampliação de recursos para alimentos, Sônia Jimenez lembrou que é possível,  viabilizar a reivindicação, junto ao FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação), porque a Apofilab também atende a educação, no contraturno escolar, através do CAEE (Centro de Atendimento Educacional Especializado). "Esse atendimento pode viabilizar a parceria com o Governo Federal para que envie os recursos para o Município comprar alimentos e repassar para a entidade".

Apofilab
Atualmente, a Apofilab atende 200 crianças por semana, mais 20 no programa de fortalecimento de vínculo e  mais de mil pessoas (famílias cujos filhos são atendidos  pela entidade) que são cadastradas para recebimento de alimentos, roupas e calçados. A Associação de Portadores de Fissura Lábio Palatal de Cascavel, fundada há 27 anos é uma organização da Sociedade Civil sem fins lucrativos mantida por parcerias e doações da comunidade. As parcerias são oriundas  dos Governos Estadual , Federal e do Município. As despesas chegam a R$ 30 mil mensais, destes, R$ 15mil são cobertos pelos parceiros e o restante é captado junto à sociedade em promoções que a Apofilab realiza com frequência.

A estrutura de atendimento conta com 40 funcionários, sendo dois psicólogos, duas assistentes sociais, um médico pediatra, três dentistas e pedagogos cedidos pelo Município e Estado.

Lei Municipal
Em Cascavel, "Dia Municipal da Pessoa com fissura labiopalatal e malformação craniofacial" é comemorado no dia 10 de novembro, através da Lei  nº 6771, sancionada pelo prefeito Leonaldo Pararnhos em 10 de novembro de 2017, de autoria do vereador Serginho Ribeiro, assinada também pelo procurador jurídico Luciano Braga Cortes e o secretário Municipal de Saúde, Rubens Griep.

Via: Redação/Portal do Município de Cascavel - Foto: Divulgação/Secom

Envie para o nosso Whatsapp a sua sugestão de fotos ou videos, que a equipe nossa irá atender você. (45) 9.8812-8476 ou Entre no nosso grupo do WhatsApp: https://goo.gl/WjuzHP.

Postar um comentário:

Tecnologia do Blogger.