Município apresenta Projeto de Mobilidade de Trânsito Humanizado

O prefeito Leonaldo Paranhos, junto com a equipe da Cettrans (Companhia de Engenharia de Transporte e Trânsito) e de técnicos da Dataprom, apresentou nesta manhã (13) à imprensa de Cascavel o Projeto de Mobilidade de Trânsito Humanizado. Foram detalhados os estudos feitos pela empresa para solucionar os impasses para a implantação do corredor de mobilidade nas avenidas Brasil, Barão do Rio Branco e Tancredo Neves, cujos testes com os novos ônibus devem iniciar em novembro, quando a nossa cidade completa 67 anos.

"Tínhamos um desafio grande nas mãos que era colocar o corredor em funcionamento sem onerar a tarifa do transporte coletivo à população e sem que o Município tivesse que lançar mão de subsídios às empresas. Com este estudo acreditamos que será possível evitar esses custos", detalhou o prefeito.

O responsável técnico de engenharia de trânsito da Datraprom, Alexandre Zumwinkl detalhou a metodologia utilizada pela empresa para chegar às soluções apresentadas em relação à sincronização dos semáforos e ao funcionamento do novo sistema do transporte coletivo, além de outros temas. Durante quinze dias de trabalho em campo, todos os cruzamentos foram mapeados, com definição dos pontos críticos para contagem veicular e planejamento e desenvolvimento das programações semafóricas. Os técnicos lançaram mão também de simulações de trânsito e pesquisas de velocidade e retardamento.

Os estudos mostraram que é inviável retroceder e utilizar as conversões à esquerda para garantir a segurança de pedestres, ciclistas e dos próprios veículos.

Plano semafórico
A pesquisa de tráfego, com filmagem e contagem revelou a quantidade de veículos que trafega em cada cruzamento, por horário. Em alguns pontos, como na esquina da Avenida Brasil com a Barão, das 17h30 às 18h30 passam 4.344 veículos por hora e 49.712 por dia. Com esses dados, foi possível estabelecer o novo plano semafórico.

Segundo Alexandre, o ciclo semafórico e o tempo de verde são calculados pela metodologia de Webster e todos os cruzamentos foram pensados para garantir a segurança nas conversões, com recalculo do tempo. Hoje, segundo o técnico, Cascavel já conta com um sistema inédito, saltando de um plano semafórico, para dez, ou seja, com tempos de acordo com dias e horários, inclusive com diferença para sábados e domingos.

São 91 cruzamentos semafóricos programados, com dez planos semafóricos por cruzamentos, o que resulta em 910 planos semafóricos criados e coordenados e 23 redes de sincronismo.

O resultado, com essa mudança, já pode ser sentido nas avenidas Brasil e Barão. Em alguns picos, como da manhã, o tempo de percurso na via já reduziu em 27%, com redução de 15 para seis paradas no sentido leste/oeste. No sentido inverso, igualmente pela manhã, o tempo de percurso caiu em 23%, com redução de 58% nas paradas, passando de 12 para 5.

Na Barão do Rio Branco, o condutor já consegue, no pico do almoço, fazer o sentido BR-467 com 24% menos tempo e no sentido Avenida Brasil 20% mais rápido.

Transporte coletivo
Com a proposta apresentada pela Dataprom de implantar o Cartão Temporal (o passageiro terá um tempo para usar a mesma passagem ao descer numa estação e pegar o próximo ônibus sem pagar novamente, fora dos terminais de transbordo) será possível reduzir o número de ônibus com portas à esquerda e, assim, evitar custos adicionais para operacionalizar o novo sistema. Assim, o custo cairá para menos de 50% com aquisição de menos veículos com 5 portas.

A proposta anterior previa para o sistema tronco-alimentador a aquisição de 47 veículos padron 5 portas + 5 veículos reserva técnica, o que equivaleria a um custo aproximado de R$ 25 milhões.
Com o novo cenário, serão necessários 19 veículos padron para os corredores Brasil/Tancredo Neves/Rio Branco, com 3 portas à esquerda + 2 veículos reserva técnica e para a faixa exclusiva Carlos Gomes 5 veículos padron 5 portas + 1 veículo reserva.

Assim, o Terminal Sul não fará a integração com os demais terminais e os passageiros farão a integração temporal nas estações da Avenida Brasil.

A apresentação da Dataprom pode ser conferida neste link.

Via: Portal do Município de Cascavel - Foto: Secom

Postar um comentário:

Tecnologia do Blogger.